close

Política

Fátima Nascimento toma posse e promete governo para o povo

_mg_5150

CASTILHO – Fátima Nascimento (DEM) e o seu vice Espedito Leite tomaram posse neste domingo,01, no CIEC, para comandar a prefeitura castilhense nos próximos quatro anos. Em seu primeiro discurso oficial Fátima prometeu um governo voltado para a população, cobrando esse mesmo raciocínio de sua equipe. “Iniciamos uma administração para o povo, em que para estar ao meu lado tem que gostar de gente”.

Ela já entrou para a história do município antes mesmo de começar seu governo, pois é a primeira mulher eleita como Chefe do Executivo da cidade. Porém, Fátima pretende marcar seu nome com trabalho e transparência. “Vamos trabalhar incansavelmente e com muita responsabilidade vamos priorizar toda a população e em especial aos mais necessitados”, discursou a prefeita.

_mg_4247O vice prefeito Espedito Leite discursou pouco antes e garantiu ao público a melhor administração que Castilho já teve. Durante a solenidade que reuniu centenas de pessoas entre familiares, amigos e apoiadores da campanha, Fátima e Espedito fizeram o juramento público prometendo cumprir com lealdade o cargo que lhes fora confiado. Após serem declarados empossados, a prefeita foi homenageada com um buquê de flores entregue pelo filho vereador Flávio Nascimento. Já o vice homenageou a esposa Sandra também com um buquê de flores, mesmo gesto que os 11 vereadores fizeram as suas respectivas esposas ou mães.

SEM TRANSIÇÃO – Ao terminar a sessão de posse no CIEC, a prefeita, o vice e os vereadores se dirigiram à prefeitura onde ocorreria a transição de cargo. Porém, para surpresa de todos, o ex-prefeito Joni Marcos Buzachero além de não ter comparecido (não é obrigatória a presença dele), não deixou os documentos necessários para que Fátima Nascimento pudesse tomar ciência do que estava herdando administrativamente. Apenas uma funcionária pública compareceu para entregar as chaves, mas sem o livro Ata. Por orientação jurídica a prefeita optou por não receber as chaves e nem entrar na prefeitura sem antes receber os documentos de praxe. Por conta dessa situação, a visita simbólica e posse do gabinete da prefeita ficou para a próxima terça-feira as 8h, já que nesta segunda foi dado ponto facultativo aos servidores municipais.

Confira Galeria de Fotos

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Prefeita Tamiko toma posse e maioria elege Silas presidente da Câmara

sem-titulo

A prefeita de Andradina, Tamiko Inoue (PCdoB) e seu vice Pedrinho Bentivóglio (PSD), foram empossados na manhã deste domingo (1º). Tamiko disse que ira gerir as contas públicas para vencer a crise e continuar investindo na cidade, e teceu agradecimentos ex-prefeito Jamil Ono (PT).
A CÂMARA – Também tomaram posse os vereadores Luiz Gustavo Marão Jr. [PMDB], Márcio Arai (PTN), Rodarte Silva dos Anjos (PEN), Mario Henrique Cardoso, o Mário Gay (PPS), Geraldo Shiomi Jr (PTB), José Augusto Rosa Rosa (PMDB), Raimundo Justino da Souza (PRTB), Cláudia Ribeiro (DEM), Roberto “Cal Baiano” (PDT), Edgar Dourados Matos (PSDB), Silas Carlos Oliveira (PDT), Hernani da Bahia (PTN), Sérgio Santaela (DEM), Joaquim Justino da Silva (PSDB) e Carlos Alexandre “Ceará” (PMDB).
PRESIDENTE – O vereador Silas Oliveira foi eleito presidente. Ele obteve oito votos contra sete do concorrente Carlos Ceará. Silas contou com apoio de Joaquinzão, Mário Gay, Raimundo Justino, Cal Baiano, Hernani, Arai e Rodarte.  Raimundo é o vice-presidente; Rodarte segundo vice-presidente; Hernani da Bahia primeiro secretário; e Mário Gay segundo secretário. O mandato é válido por um ano.
Com Informações do impactoonline

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Tião Japonês é eleito presidente da Câmara de Castilho

15878439_1209921019115695_346286568_o

Durante os anos de 2017 e 2018 o presidente da Câmara de Castilho será o vereador Sebastião de Oliveira Reis, o popular ‘Tião Japonês’.
Tião foi eleito por 10 dos 11 vereadores da atual legislatura; apenas o vereador Giovany Vicente votou contra.
Tião chega para seu terceiro mandato como vereador no município e vai ocupar a cadeira mais importante da casa de leis, lugar esse que o mesmo já ocupou por 2 vezes; experiência essa, decisiva para apoio dos demais vereadores.
A eleição ocorreu de forma rápida e transparente, ainda nas dependências do CIEC, logo após a cerimônia de posse dos eleitos, os vereadores se reuniram e votaram de forma nominal. Como a eleição contou com chapa única, os vereadores tinham como opção aceitar ou não.

15857536_1209921022449028_67757104_o

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Por falta de transparência, Prefeita recusa ‘chave’ da prefeitura e só vai assumir na terça (3)

_mg_4382

A falta de transparência foi a principal queixa da prefeita do município de Castilho Fátima Nascimento,  ao chegar ao prédio da prefeitura municipal, onde teoricamente deveria receber a ‘chave’ da prefeitura  e consequentemente adentrar ao paço municipal.

Fátima  assim como seu vice Espedito Leite e os onze vereadores eleitos na última eleição, foram empossados  na manhã deste Domingo (01), logo  após a cerimônia, como já previsto,  a prefeita, vice e alguns vereadores foram até a prefeitura municipal, onde a secretária Mirian Danellucci, estava esperando para fazer o ato de  entrega da chave,  assim como alguns documentos.

Mas de acordo com um advogado, amigo da família Nascimento, o documento apresentado pela secretária era insuficiente para tal ato, outro fato significativo é que no local não havia representantes dos departamentos de tesouraria e contabilidade, inviabilizando a prefeita ter todas as informações de como está à situação financeira do município.

Fátima foi orientada a não receber a chave até a próxima terça, quando serão elaborados os protocolos necessários, assim como a verificação do caixa da prefeitura.

A decisão da prefeita foi aplaudida pelo público presente.

Fátima já responde como administradora do município, porém só entra no prédio da prefeitura na terça (3) às 08h.

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Edson Gomes completa um mês foragido da justiça e Ilha está à deriva

gomes

O candidato a prefeito de Ilha Solteira (SP) mais votado nas eleições de outubro deste ano, Edson Gomes (PP), com 7.117 votos, permanece foragido da justiça e procurado pela polícia.

O ex-prefeito teve a prisão preventiva decretada no dia 29 de novembro, após interceptações telefônicas autorizadas pela justiça apontarem que ele estaria agindo para atrapalhar as investigações de irregularidades na contratação de shows para a Fapic 2010.

Desde o dia 29, outros dois envolvidos no esquema permanecem presos: o diretor de Cultura Nilson Nantes e o empresário Uesley Severo. De acordo com o Ministério Público, os três mantinham comunicação constante com objetivo de prejudicar as investigações, inclusive com a falsificação de documentos.

Além disso, Edson Gomes enfrenta uma batalha na justiça eleitoral para conseguir reverter a decisão do juiz Eduardo Garcia Albuquerque que indeferiu o registro de candidatura da chapa que tinha seu filho Otávio Gomes como candidato a vice-prefeito.

Enquanto permanece a indefinição, a Prefeitura de Ilha Solteira deverá ser comandada pelo presidente da Câmara Municipal, que será eleito no dia 1º de janeiro de 2017, após a posse dos nove vereadores. Nos bastidores, crescem as articulações em prol do vereador Alberto dos Santos Júnior (Beto, PSB), que poderá vencer a eleição no critério de desempate, a idade.

Isso porque, a previsão é que Beto tenha quatro votos e Rodrigo Kokim (PPS) também tenha quatro votos. Como Beto é mais velho, assume a Presidência do Legislativo e, interinamente, o Executivo.

Impactoonline e HojeMais

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Governo cancela licitação para compra de alimentos de avião presidencial

1482857472648

Após as informações a respeito de uma licitação em que o governo federal estimava gastar R$ 1,75 milhão em produtos alimentícios para abastecer o avião do presidente Michel Temer, o governo decidiu cancelar a licitação. A informação foi confirmada nesta terça-feira, 27, pelo ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha.

“Por orientação presidencial, foi cancelado o Pregão 14/2016, para o dia 02.01.2017, de Serviços de Comissária Aérea”, escreveu o ministro em seu Twitter.

Segundo fontes do Planalto, o governo deve se posicionar sobre a decisão por meio de nota oficial que deve ser divulgada ainda hoje.

De acordo com o edital publicado no dia 19 de dezembro no Diário Oficial da União, o valor da contratação estava estimado em R$ 1.748.653,20, sendo que R$ 166 mil em serviços e R$ 1.58 milhão em material. As propostas seriam apresentadas no próximo dia 2 de janeiro e o contrato previa a duração de um ano.

Entre os itens listados, o governo estimava gastar até R$ 42 mil em gelo, sendo R$ 19 mil em gelo em cubo, R$ 1.370 em gelo em cubinhos e R$ 21,6 mil em gelo seco.  Havia ainda a estimativa de que o governo pagasse até R$ 28 mil por 1.500 pacotes de papel toalha e mais R$ 10.420 por mil pacotes de guardanapos com 50 unidades. Também constava no edital a estimativa de gasto de R$ 1.740 por 600 rolos de papel higiênico.

Em sorvete, o governo estimava gastar mais de R$ 17 mil, sendo que R$ 7.545 em 500 unidades de sorvete tipo premium Haagen Dazs e R$ 8.625 em sorvete sem lactose de amora e morango. Também estava na lista de itens da licitação outros sorvetes com as marcas já estipuladas.

http://politica.estadao.com.br/

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Demis tem mandato cassado e fica inelegível por oito anos, decisão admite recurso

_mg_5757

O vereador João Carlos Pereira da Silva, “Demis do Balcão de Emprego”, do partido PR foi cassado pela Justiça eleitoral e perdeu os direitos políticos por oito anos. A decisão foi publicado no último dia 19 de Dezembro, decisão assinada pelo Juiz Eleitoral Dr. Leandro Augusto Gonçalves.

A decisão veio através de uma denuncia realizada pelo seu ex – assessor Uederson Aragão, que gravou o vereador em uma conversa onde segundo Uederson, Demis estaria pedindo uma ‘ajuda para campanha’, ajuda essa que seria parte do salario do assessor.

Após pericia nas gravações, oitiva dos envolvidos, apresentações de defesas o Juiz determinou;

“Ante o exposto, julgo o pedido parcialmente procedente, para, nos termos da fundamentação: a) Decretar a cassação do diploma do réu, o que importa a perda do mandato que atualmente exerce, bem como sua exclusão da lista de suplência, em relação às eleições por último realizadas; b) Decretar sua inelegibilidade, por oito anos, contados da última eleição”

Por telefone Demis informou que ainda não foi notificado mas que certamente vai recorrer da decisão, “Isso não passa de uma perseguição do meu ex-assessor, vou provar para todos a minha inocência” desabafou.

Nota

Demis foi eleito com uma grande popularidade nas eleições de 2012, era uma das promessas de mudança, mas se perdeu em meio às gravações, primeira confusão aconteceu quando seu assessor na época Luciano Noia, trouxe algumas gravações realizadas pelo vereador, onde ele participava de conversar com o atual prefeito. Demis trocou de Assessor , mas seus problemas continuaram, o fato é que diante de diversos escândalos, Demis perdeu a confiança de seus eleitores e teve uma votação inexpressiva nas eleições desse ano.  O fato é que esse embaraço vai longe, vamos aguardar as próximas decisões da justiça.

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Polícia Militar e Corpo de Bombeiros recebem 17 novas viaturas

15673464_1223811291046537_1036645136_n

O 5º Grupamento do Corpo de Bombeiros e o 2º Batalhão da Polícia Militar de Três Lagoas receberam  17 novas viaturas da Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública.

A entrega dos veículos, que aconteceu na tarde desta quinta-feira (22), na Praça Ramez Tebet, foi feita pelo secretário de Justiça e Segurança Pública, José Carlos Barbosa. O evento contou ainda com a presença do prefeito diplomado, Ângelo Guerreiro (PSDB), dos comandantes do Corpo de Bombeiros e Polícia Militar, major Leandro Arruda e tenente- coronel James Magno, respectivamente, entre outros.

Ao todo, foram investidos R$ 728 mil do Programa MS Mais Seguro para a aquisição dos veículos. Desses, 14 foram destinadas para a Polícia Militar, sendo que sete são motocicletas de 250 cilindradas e 2 com 660 cilindradas, 4 mini SUV (Geep Renegade), além de uma Van Ducato.

Já o Corpo de Bombeiros recebeu três , sendo duas auto salvamento e uma unidade de resgate, fruto de uma emenda parlamentar do deputado estadual Ângelo Guerreiro.

Ana Cristina Santos

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

CARGOS EM COMISSÃO E FUNÇÕES GRATIFICADAS SERÃO EXONERADOS

thumbnail__mg_7586

A prefeita eleita Fátima Nascimento (DEM) encaminhou requerimento ao prefeito Joni Marcos Buzachero (PSDB) solicitando exoneração de todos os servidores ocupantes de cargos em comissão e pagamento das respectivas verbas rescisórias.
Essa semana o Departamento de Recursos Humanos da Prefeitura informou que o pedido de Fátima foi atendido integralmente e que os ocupantes dos chamados “cargos de confiança”, ou seja, aqueles indicados pelo Chefe do Executivo serão exonerados e suas indenizações providenciadas.
No requerimento a prefeita eleita de Castilho justifica melhor adequação de servidores às necessidades da nova administração que se iniciará em 01 de janeiro de 2017, incluindo inclusive, os cargos em comissão, objeto da Ação Direta de Inconstitucionalidade”.  Essa ação está em tramitação no Tribunal de Justiça de São Paulo (número 2058712-27.2015.8.26.000), cujas nomeações foram consideradas ilegais naquela instância superior.
Foi solicitada ainda, a revogação das portarias que dispõem sobre designação de servidor público municipal que tem função gratificada, exceto as portarias que nomearam o Assessor de Crédito e de Diretor de Recursos Humanos, atualmente, ocupadas pelos servidores públicos: Edvaldo da Silva Felis Ferreira e Wagner Ricardo de Oliveira Silva.
Esta é uma das primeiras medidas da gestão administrativa 2017/2020 que possibilita aos servidores, no momento da exoneração, receberem os direitos rescisórios sem qualquer entrave político ou burocrático.

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Economia Temer anuncia medidas de crédito e reduz juros do cartão

equipeeconomicaantoniocruzagenciabrasil

Prezando que o crescimento, a produtividade e a desburocratização serão importantes para a pacificação do país, o presidente Michel Temer anunciou no fim da tarde de hoje (15) uma série de medidas microeconômicas para estimular a criação de empregos, melhorar o ambiente de negócios para empresários e aumentar as condições de crédito dos brasileiros.

A criação de um programa de regularização tributária, o incentivo ao crédito imobiliário, trabalhar para reduzir os juros do cartão de crédito e reduzir a multa do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço  (FGTS) para o empregador foram algumas das medidas lançadas pelo presidente. Os projetos que visam “ativar a economia”, nas palavras de Temer, foram pensados pela equipe econômica do governo, mas algumas ainda estão em fase de conclusão.

“Os senhores sabem que há muitos devedores do Fisco com passivos tributários expressivos, e há pessoas físicas que também têm passivos. Esse programa alcança tanto pessoas jurídicas como físicas. O objetivo, naturalmente, é permitir que empresas e pessoas físicas se programem ao longo do tempo para pagamentos parcelados”, disse, ao explicar a regularização tributária.

O incentivo ao crédito imobiliário, segundo Temer, visa gerar empregos. Já as medidas relacionadas aos cartões de crédito, de acordo com ele, terão “grande repercussão popular”.

“Um dos tópicos que estão sendo apresentados é permitir diferenciação de preço entre diferentes meios de pagamento, como boleto, crédito e débito, e [trabalhar para uma] redução substanciosa nos juros do cartão de crédito”, afirmou, com a ressalva de que a medida ainda está sendo analisada pelo Banco Central.

Na área de comércio exterior também foram anunciadas medidas. “Redução mínima de 40% nos procedimentos relacionados a importação e exportação de mercadorias”, disse. Os itens foram enumerados pelo presidente e estão sendo detalhados neste momento pela área econômica do governo.

FGTS

Conforme anunciado anteriormente, o governo pretende permitir que os trabalhadores utilizem parte dos recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FTGS) para pagar dívidas. Temer também anunciou uma redução de taxas para o empregador. “Um dos itens desse anúncio é a redução gradual da multa adicional 10% do FGTS. Quando há uma despedida, é preciso pagar 40% do FGTS, mais uma multa que não vai para o trabalhador, mas para outra rubrica. A ideia é reduzir esse percentual, que naturalmente onera os empresários”, anunciou ainda.

De acordo com o presidente, o objetivo das medidas é aumentar a produtividade do país e, “em consequência”, combater o desemprego. Ele citou medidas macroeconômicas que o governo vem adotando, como a emenda promulgada hoje que estabelece um teto para os gastos públicos, e a reforma da Previdência, cuja proposta foi enviada na semana passada ao Congresso Nacional. Ao elogiar a parceria do Executivo com o Legislativo, Temer frisou que a PEC da Previdência já teve admissibilidade aprovada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara.

Temer anunciou as medidas ao lado dos presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e dos ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, da Casa Civil, Eliseu Padilha, e do Planejamento, Dyogo Oliveira.

economia.terra.com.br

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...
1 29 30 31 32 33 36
Page 31 of 36