close

Política

Prefeita Fátima e alunos participam de soltura de alevinos no rio Paraná

DSC03487

CASTILHO – A convite da CTG Brasil, a Prefeita Fátima Nascimento e alunos de três escolas municipais participaram na tarde desta quarta-feira,05, da soltura de 100 mil alevinos na bacia do rio Paraná. O ato teve como objetivo celebrar o Dia Mundial do Meio Ambiente,0 principal data das Nações Unidas para incentivar ações em todo o planeta em prol da proteção do meio ambiente.

“Parabenizo essa atitude da CTG em repovoar nossos rios, pois temos inúmeras famílias castilhenses que vivem do turismo da pesca e o produto principal é o peixe. Sem peixe no rio, acaba o turismo e a fonte de renda de muitas famílias. Por isso vejo da importância desse repovoamento”, destacou a Prefeita.

Antes dos alunos soltarem os peixes, uma educadora ambiental da CTG Brasil – concessionária da usina hidrelétrica Jupiá, fez uma breve explanação sobre o motivo desse gesto. Estiveram presentes estudantes das escolas Maria Dáuria, Youssef Neif Kassab e Mauro Roberto. Ivone Souza, coordenadora das EMEFs, também acompanhou o grupo.

De acordo com a assessoria de imprensa, essa foi uma das sete solturas técnicas e educativas que a CTG Brasil está realizando na bacia do rio Paraná. No total estão sendo soltos 1 milhão de peixes das espécies pacu-guaçu e curimbatá nos reservatórios das usinas Jupiá e Ilha Solteira, operadas pela empresa.

“Com as solturas realizadas desde o início do ano, a CTG Brasil alcança a marca de 1,7 milhão de peixes soltos em 2019, apenas no rio Paraná. Para o segundo semestre, serão mais 308 mil”, afirma nota divulgada pela assessoria.

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Castilho se classifica para final do JORI Estadual

61734251_1569535309844049_3345997695037734912_n

Nos Jogos Regionais do Idoso 2019, Castilho ficou na 16 posição. A modalidade classificada para a final estadual, em Jundiaí, foi o Buraco.
No total, 15 competidores castilhenses foram para Santa Fé do Sul nas seguintes modalidades:
Bocha, Dança de salão, Damas, Dominó feminino e Buraco. O time do último grupo levou o vice-campeonato.
Este ano, 68 cidades participaram do JORI, nesta etapa, do dia 29 de maio até o último domingo, dois de junho. Quatro etapas foram completadas, onde os competidores passaram por São Sebastião, Sorocaba, São João da Boa Vista e Santa Fé. Em Jundiaí, a final acontece entre 12 e 19 de novembro. Os competidores de Castilho estão sendo acompanhados pelo assessor de Desporto e Lazer, chefe da delegação, Valério Sabino

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Prefeita Fátima anuncia pagamento do 13º para junho

funcionarios publicos 2

CASTILHO – Mais uma boa notícia aos servidores públicos castilhenses. Na tarde desta terça-feira,04, a Prefeita Fátima Nascimento anunciou que antecipará para o dia 13 de junho a primeira parcela do 13º.

Ao todo serão beneficiados 888 funcionários municipais que juntos receberão o montante de R$ 770 mil. “São quase um milhão de reais que estamos pagando e torcendo para que esses valores possam ser injetados no comércio local. Isso de certa forma ajuda a aquecer a economia do município”, comenta Fátima Nascimento.

Recentemente a Prefeita distribuiu uma carta aberta à população pedindo que os castilhenses valorizassem o comércio da cidade. “Seja na lanchonete ou mercado, um cimento ou um sapato, um lanche ou em um restaurante, um presente para o filho, para mamãe, ao papai, namorada ou amigo. O importante é que esta compra seja em Castilho”, estimula a Prefeita. Com o pagamento parcial do 13º, acredita-se que boa parte será mesmo gasta no município.

De acordo com o diretor do RH, Wagner Ricardo, essa primeira parcela corresponde apenas a 50% do valor do salário base. A segunda parcela está prevista para ser paga somente em dezembro.

De acordo com a Lei Federal de 1965, o empregador tem até 20 de novembro para pagar a primeira parcela do 13º salário e a segunda em dezembro. Tem direito a esse benefício todo servidor que trabalhou no mínimo 15 dias registrado em 2019.

BENEFÍCIOS – Este ano, com aprovação da Câmara de Vereadores, a Prefeita já havia dado reajuste salarial de quase 4% aos funcionários públicos e também reajustou o Vale-Alimentação em R$ 600,00.

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Giovany indica a criação dos projetos “Professor Destaque” e “Professor da Infância”

Giovany

Com a justifica de melhorar as práticas pedagógicas em sala de aula e valorizar os professores, o vereador Giovany Vicente fez a indicação à prefeitura para a implementação do prêmio, “Professor destaque” e “Professor da Infância”.
Conforme explicado no documento de indicação, o vereador completa que a premiação pode ser direcionada aos professores regentes e especialistas do primeiro ao quinto ano do ensino Fundamental e aos professores da Educação Infantil das escolas e creches de Castilho.
Giovany ainda apresentou argumentos que defendem a aprovação do projeto, como o estímulo à criatividade, desenvolvimento pedagógico dos alunos e valorização dos professores.

 

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Prefeita Fátima elogia ação educativa da Polícia Rodoviária e Via Rondon

acao educativa (2)

CASTILHO- A Prefeita Fátima Nascimento acompanhou de perto a ação educativa, denominada “Maio Amarelo” e desenvolvida em conjunto pela Polícia Rodoviária e concessionária Via Rondon. Um dos pontos da ação foi na esquina da Prefeitura de Castilho e teve como público alvo motociclistas.

Na ocasião, foram distribuídos panfletos com dicas de segurança no trânsito; bem como instaladas gratuitamente antenas de proteção contra linha cortante, e adesivos retrorrefletivos para capacetes.

Para a Prefeita, atitudes simples como essas vão salvar muitas vidas. “Todos os dias a gente vê pela imprensa acidentes gravíssimos e muitas vezes causados por um pequeno descuido. Parabéns a vocês policiais e funcionários da Via Rondon por esse trabalho preventivo”, destacou Fátima Nascimento.

O tenente Teruel, que acompanha a equipe de policiais, também falou da importância desse ato. “Todos os anos a gente intensifica essa campanha no mês de maio devido as inúmeras ocorrências registradas. Hoje aqui em Castilho o trabalho foi mais de orientação mesmo aos motociclistas”, explicou.

A Via Rondon, por sua vez, trabalha essas campanhas como forma de chamar a atenção da sociedade sobre os elevados índices de mortos e feridos no trânsito em todo mundo.

O Movimento Maio Amarelo está consolidado como um dos mais importantes projetos de informação, orientação, cuidados e alertas sobre a questão da segurança viária em nosso País. Isso porque o número de vítimas, feridos e mortos, no trânsito brasileiro ainda é elevadíssimo. E são vítimas que decorrem de acidentes, em sua maioria provocados por desatenção, imperícia e imprudência dos condutores.

A Via Rondon é responsável, desde maio de 2009, pela administração de mais de 416 Km do Corredor Marechal Rondon Oeste no Estado de São Paulo. A concessionária gerencia o trecho que compreende 331,13 km da Rodovia Marechal Rondon SP-300 (entre o Km 336,5 em Bauru até o km 667,6 em Castilho) e, também, 23 rodovias de acessos (SPA´s) que totalizam 85,5 km. A concessão é por 30 anos.

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Bolsonaro diz que Câmara votará porte de arma para produtor rural

live_bolsonaro-1_0

Segundo presidente, Rodrigo Maia garantiu votação de projeto

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (23) que a Câmara dos Deputados votará um projeto de lei que autoriza o porte de armas para produtores rurais. Em transmissão ao vivo pelo Facebook, ele afirmou que teve uma conversa com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que lhe assegurou que pretende colocar em votação, em breve, o projeto do deputado Afonso Hamm (PP-RS), que cria o porte rural de arma de fogo.

“Estamos para aprovar este projeto, e o Rodrigo Maia disse que vai colocar em votação”, disse o presidente durante a transmissão semanal. Segundo a proposta, o produtor poderá portar armas dentro de toda a área da propriedade rural.

Bolsonaro também afirmou que o porte de fuzil em área rural será regulamentado pelo Exército. Já as armas de menor porte, disse, serão liberadas de forma mais simples. “Sobre o porte de fuzil em área rural, fica definido que a aferição dos parâmetros será feita pelo Comando do Exército. Nas armas de menor porte, sem problema nenhum. Também fica definido como residência toda a área da propriedade rural e não apenas a casa”, disse.

https://www.facebook.com/jairmessias.bolsonaro/videos/289680521744872/?t=2

 

O presidente também citou alguns pontos do decreto sobre a regulamentação da posse de armas de grosso calibre. O ministro chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, acrescentou que a arma é um item de rotina em uma fazenda e que se o porte não se limita a autodefesa, mas também ao controle de animais que atacam as propriedades, como javalis.

“Não dá para chamar a polícia para controlar os javalis. Essa decisão é uma garantia para os nossos produtores rurais”, explicou Lorenzoni. O ministro comprometeu-se a ajudar na articulação. “O presidente Bolsonaro assumiu compromissos públicos de que o produtor rural possa se proteger, com direito à arma. O deputado Hamm está em condições de colocar essa votação em regime de urgência e, não tenho dúvida alguma, de que será aprovado.”

Também presente à transmissão, o deputado Hamm disse que conseguiu o aval dos líderes dos partidos para levar o projeto a votação e citou o apoio da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) em relação à proposta. “Nós queremos buscar mais tranquilidade para quem trabalha e produz no meio rural”, disse o parlamentar.

A posse de arma de fogo permite ao cidadão manter o artefato apenas no interior da residência ou no local de trabalho. O porte autoriza a circulação fora desses locais, com exceções para as Forças Armadas e órgãos de segurança pública, entre outros.

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Aposentadoria de policiais e professores entra em discussão na Câmara

download

A Câmara dos Deputados retoma nesta semana as audiências temáticas da comissão especial que analisa a Proposta de Emenda à Constituição da reforma da Previdência (PEC 6/19). Entre os temas estão o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e o abono salarial, a aposentadoria do trabalhador rural e de categorias com critérios diferenciados como professores, policiais e magistrados.

Na terça-feira (21), o colegiado convidou o assessor-chefe-adjunto da Presidência da República, Arthur Bragança Weintraub, o professor do Instituto de Economia da Universidade de Campinas (Unicamp), Pedro Rossi, a pesquisadora do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Luciana Jaccoud, e o diretor de programa na Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, Leonardo Rangel, para debater BPC e abono salarial.

A aposentaria do trabalhador rural será discutida na quarta-feira (22) com o secretário especial adjunto de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco, com a advogada Jane Lúcia Berwanger, representante Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário (IBPD) e com representante da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag).

As categorias com critérios diferenciados de aposentadoria serão debatidas na quinta-feira (23) com o secretário adjunto de Previdência no Ministério da Economia, Narlon Gutierre Nogueira, e com o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimento de Ensino (Contee), Gilson Reis.

Reforma tributária

Em paralelo à discussão sobre a mudança nas regras de aposentadoria dos trabalhadores, deputados também analisarão o texto da reforma tributária (PEC 45/19). Na quarta-feira (22), a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara deve votar o relatório sobre a admissibilidade da PEC. O relator do texto, deputado João Roma (PRB-BA), apresentou seu parecer na semana passada.

A proposta institui Imposto sobre Operações com Bens e Serviços (IBS) que substitui três tributos federais – IPI, PIS e Cofins -, o ICMS, que é estadual, e o ISS, municipal. Todos eles incidem sobre o consumo. O IBS será composto por três alíquotas – federal, estadual e municipal; e União, estados e municípios poderão fixar diferentes valores para a alíquota do imposto.

Plenário

Segundo o líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO), o governo e o partido têm trabalhado para construir um consenso e viabilizar a votação de três medidas provisórias no plenário esta semana, entre elas, a MP 870/19 da reforma administrativa.

A comissão mista que analisou a reforma administrativa introduziu modificações no texto, como a que retira o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) do Ministério da Justiça e Segurança Pública para transferi-lo de volta ao Ministério da Economia.

Segundo o líder, o partido tentará manter o Coaf no Ministério da Justiça na votação em plenário. “Os deputados do PSL decidiram não apoiar essa mudança no Coaf. Tem um peso simbólico muito grande e uma questão jurídica envolvida em termos de facilitação de combate à lavagem de dinheiro, ao financiamento do terrorismo e à corrupção”. Para não expirar, o texto de conversão da medida provisória precisa ter a votação concluída nas duas Casas até o dia 3 de junho.

Já a MP 863/18, que autoriza até 100% de capital estrangeiro em companhias aéreas com sede no Brasil, precisa ser aprovada pelo Congresso até dia 22 de maio para não perder a validade.

Outra MP citada por Major Vitor Hugo é a 866/18 que cria a Brasil Serviços de Navegação Aérea S.A. (NAV Brasil). A MP autoriza o Executivo a implementar a NAV Brasil, em decorrência da cisão parcial da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

“Faça Bonito” acontece em Castilho para combate ao abuso de crianças e adolescentes

_MG_7181

A prefeitura de Castilho realizou na manhã desta sexta-feira (17) uma caminhada de conscientização contra o abuso de crianças e adolescentes. A ação, “Faça Bonito”, foi coordenada pela equipe do Fundo Social.

A passeata reuniu crianças assistidas pelo CRAS, alunos das escolas municipais e também da Escola Estadual Armel Miranda, além de funcionários dos Departamentos de Saúde , Educação e Cultura. Eles caminharam pela Avenida Getúlio Vargas até a Praça da Matriz, onde foram recepcionadas pela Banda Marcial de Castilho.
Houve uma grande distribuição de panfletos educativos, que instruem e incentivam a denúncia de abusos ou suspeitas do ato. Em breve discurso, a prefeita Fátima Nascimento comentou que seu governo investe no assunto e tem uma equipe de profissionais que auxiliam no combate a esse tipo de crime. “Hoje estamos reunidos para dizer não a qualquer tipo de abuso contra a criança e o adolescente. Quem ama, protege, por isso devemos cuidar de nossas crianças”, disse a prefeita.

Faça Bonito

A Campanha Faça Bonito, é uma conquista que demarca a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes.

Anualmente a Campanha tem um dia Nacional de mobilização, o dia 18 de Maio. Esse dia foi escolhido porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune.

A campanha já alcançou muitos municípios do nosso país. A proposta é mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos de crianças e adolescentes.

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Tião Japonês pede à Prefeitura que aumente pressão sobre proprietários de terrenos baldios

IMG_7179

O Presidente da Câmara Municipal de Castilho – vereador Sebastião Reis de Oliveira (Tião Japonês, DEM) pediu recentemente à prefeita democrata Fátima Nascimento que aumente a pressão sobre os proprietários de terrenos baldios e casas abandonadas do município, notificando e aplicando multas sobre os mesmos.

A sugestão do parlamentar visa eliminar possíveis criadouros do Aedes aegypti nestas áreas, ajudando o trabalho preventivo e de eliminação desta ameaça desenvolvido com afinco pelos agentes de saúde, de vetores e de zoonoses.

Tião afirma no documento enviado à Prefeitura que tais terrenos e casas abandonadas têm contribuído significativamente para a proliferação destes insetos e aumento no número de casos suspeitos já registrados pelo Município.

Segundo ele, o Código de Posturas do Município possui dispositivos eficazes para punir estes proprietários que abandonam quintais e casas, colocando em risco a saúde da vizinhança. “As multas são pesadas e chegam a dobrar de valor em casos de reincidência da infração, levando os cidadãos a encararem a manutenção da limpeza com mais seriedade”, finalizou o presidente.

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Com diversas apresentações, Departamento de cultura presta homenagem ao dia das mães

WhatsApp Image 2019-05-10 at 15.03.14 (4)

 

Uma noite memorável, assim foi definida a homenagem das oficinas do setor de Cultura a todas mães castilhenses.

Com três apresentações, a Oficina de teclado – que tem como monitor Samuel Leite, trouxe ao palco o aluno Murilo para tocar a música Ousado Amor, de Paulo Cesar Baruk.

Em seguida foi a vez da aluna Ana Laura tocar a música Meu Abrigo, de Melim. e para finalizar, os alunos Vinicius e Alícia apresentaram a música Mamãe, de Yasmin Veríssimo.

O Projeto GURI – que completa 12 anos de atividades em Castilho levou ao palco os talentosos músicos de violão e percussão.

Sob regência dos educadores Marcelo Carreira e Henrique, o grupo executou as músicas Baby Shak, Jeniffer, de Tiago Bravo e Belliver, de Imegine Dragons.

A Orquestra de Violinos, sob comando dos monitores Lucas Silva e Lucas Melo, executaram canções que tocaram a alma do público presente.

Um dado interessante é que os dois monitores são ex-alunos das oficinas musicais de Castilho. Lucas Silva iniciou aos 8 anos na oficina de percussão. Lucas Melo, com a mesma idade, iniciou no violão.

Com seus alunos eles tocaram as músicas Além do Arco Íris, Como é grande o meu amor por você, de Roberto Carlos, e Titanic. Na plateia muitas mães com olhos cheio de água.

Entre uma apresentação e outra as mães eram contempladas com brindes sorteados. Os mimos foram entregues pela Luciana Claudino e Cidinha, duas guerreiras do setor de Cultura.

A Orquestra de Violeiros que tem se tornado a grande xodó dos castilhenses não poderia ficar de fora dessa linda festa. Coordenada pelos monitores Alex, Henrique, Samuel e tendo como regente o maestro Marcelo Carreira, a orquestra trouxe emoção, lágrimas e saudades de um tempo não muito distante.

A primeira música, Fazenda São Francisco, trouxe muitas lembranças da infância das mães presentes no evento.
A segunda música foi homenagem a todos apaixonados, música que fez muito sucesso com Chitãozinho e Xororó: 60 Dias Apaixonado.

Para fechar com chave de ouro, a música Fogão de Lenha que teve duas lindas surpresas. A primeira foi o vocalista Márcio Viola prestando homenagem a sua mãe que estava no local. A segunda surpresa foi um lindo poema de autoria do violeiro Francisco “Chiquinho” Vicente declamada como introdução da música.

A BAMAC – Banda Marcial de Castilho, trouxe ao palco 50 integrantes e promissores artistas musicais. Sob regência do maestro Adriano Sanches, o grupo não deixou a desejar.

A coreografia de entrada e a performance em cada música valeu por todo espetáculo. Foram executadas três canções, o suficiente para empolgar o público que cantou todas músicas tocadas pela BAMAC.

A primeira música foi “Do Seu Lado ‘, de Jota Quest. Na sequência, uma das canções mais tocadas em todas as rádios do Brasil, “O nome dela é Jeniffer”, de Tiago Brava.

Para encerrar, música “Mãe”, de Rick e Rener. Nesta canção teve participação especial de dois solistas: Isac e Anerissa. O que não faltou para esses músicos foram aplausos e mais aplausos.

A Oficina de Dança, sob comando da professora Denizy fechou o show de apresentações. Assim como os demais projetos, foram apresentados três números.

O primeiro musical foi Anjos Dourados. O segundo foi Coreografia Prata. E o último foi uma apresentação especial do grupo de dança de Andradina (Barsant Fuksia). Da plateia muitos aplausos e olhares atentos em cada movimento das dançarinas.

O público permaneceu até o fim para prestigiar e valorizar dignamente cada uma das apresentações.

Ao término da apresentação, cada aluno entregou uma flor para sua mãe que estava na plateia se derretendo de orgulho!

 

 

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...
1 2 3 4 35
Page 2 of 35