close

Política

Extinção de Municípios não é ‘ponto de honra’, diz Bolsonaro

Extinção de Municípios não é ‘ponto de honra’, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (4) que caberá ao Congresso Nacional decidir se mantém ou não o dispositivo que prevê a extinção de municípios na Proposta de Emenda Constitucional (PEC) nº 188, em tramitação no Legislativo. Segundo o presidente, esse não é um “ponto de honra” da proposta que vem sendo chamada de PEC do pacto federativo.

Um Município que arrecada R$ 1 mil por mês, [mas] tem uma despesa de R$ 10 mil, é um Município deficitário. Agora, não é ponto de honra, não. O Congresso tem liberdade”, afirmou a jornalistas, pela manhã, em frente ao Palácio do Alvorada, residência oficial do presidente.

A PEC do pacto federativo foi enviada pelo governo ao Congresso no mês passado. Entre as mudanças, a medida propõe a extinção de municípios que não atingirem, em 2023, o limite de 10% dos impostos sobre as receitas totais e que tenham população de até cinco mil habitantes. Porém, desde que chegou ao Senado, onde começou a tramitação, o texto e os critérios propostos recebeu críticas de organizações como a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) que realizou um estudo sobre a proposta.

De acordo com o levantamento, os municípios com até 50 mil habitantes correspondem a 87,9% do território e respondem por parte da produção brasileira. Os que têm população de até cinco mil habitantes totalizam 1.252, o equivalente a 22,5% das cidades. Desses, 1.217 (97%) não atingiriam o limite de 10% dos impostos sobre suas receitas totais. Desde ontem (3), cerca de mil prefeitos estão em Brasília para tratar de demandas das cidades. Eles pressionam o Congresso para não aprovar a extinção de municípios.

Para Bolsonaro, a fusão de municípios poderá ajudar na melhor aplicação de recuros públicos. “Se o Município tem renda própria vai continuar sem problema nenhum. Mas tem município que [a renda] não dá pra pagar a folha de vereadores. Eu não quero tirar emprego de vereador, mas não dá. Complicou a situação, vamos facilitar. Dá para, ao fundir, ter um pouco mais de recurso e aplicar no que interessa no município. Não é perseguir vereador nem prefeito. E não vai ser extinto o município, ele vai ser incorporado por outro. Alguns acham que vai ser feita ali uma derrubada. Não, vai ser um distrito de um [outro] Município ali.”

SAIBA MAIS: Para conhecer um pouco melhor a proposta e seus impactos para mais de 50 municípios de nossa região (incluindo Itapura e Nova Independência), leia também: http://www.portalcastilho.com.br/news/2019/11/14/pacto-federativo-de-bolsonaro-pode-extinguir-51-cidades-da-regiao/

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Tamiko participa de Fórum Nacional de políticas para mulheres em Brasília

Tamiko participa de Fórum Nacional de políticas para mulheres em Brasília – destaque

A prefeita andradinense Tamiko Inoue está em Brasília, onde participa desde ontem (segunda, 02) do Fórum Nacional de Organismos Governamentais de Políticas para as Mulheres.

Coordenado pela Secretaria Nacional de Políticas para Mulheres – órgão ligado ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, o evento reúne líderes de 21 Estados de todas as regiões do Brasil para debater os desafios da implementação das políticas para as mulheres no país.

Uma das representantes do Estado de São Paulo, Tamiko enfatiza a importância de fortalecer os organismos executores dessas políticas para que a ação dos governos tenha uma incidência efetiva na alteração da desigualdade entre mulheres e homens na sociedade brasileira.

Estamos buscando avanço na defesa dos direitos das mulheres em todos os seus aspectos, seja contra a violência ou no mercado de trabalho. É um trabalho constante para garantir o que prega órgãos como a ONU”, comentou Tamiko, destacando que Andradina é uma das poucas cidades que possui uma pasta exclusiva para os Direitos Humanos.

Em pauta temas como: Debate sobre a criação do Plano Emergencial de Combate ao Feminicídio, a atuação preventiva da Polícia Militar na violência doméstica e familiar contra a mulher, acesso a informação e a discussão sobre os números de violência. Estão ainda em pauta outras questões, como: “Trabalhando em Rede: o papel de cada ator na aplicação da Lei Maria da Penha e a corresponsabilidade” e “Construindo Políticas Públicas de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher”.

Tamiko participa de Fórum Nacional de políticas para mulheres em Brasília - interna

As palestras vêm sendo proferidas, essencialmente por mulheres, e contam com a participação da secretária Nacional de Políticas para Mulheres, Cristiane Rodrigues Britto, e da secretária-adjunta, Roseane Estrea; da coordenadora Geral do Departamento de Políticas de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres – SNPM-, Valéria Laval, da Diretora do Departamento de Políticas de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres, Grace Justa, entre outras autoridades.

[Fonte: Secom/Prefeitura]

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Galpão de Reciclagem é inaugurado e Castilho ganha Coleta Seletiva

Galpão de Reciclagem é inaugurado e Castilho ganha Coleta Seletiva – DESTAQUE

Um desejo antigo dos castilhenses agora se torna realidade. Na manhã desta sexta-feira, 29 de novembro, a prefeita Fátima Nascimento inaugurou oficialmente o Galpão de Reciclagem. Com isso, ela dá mais um importante passo para colocar em prática outro projeto de grande relevância para o Meio Ambiente local: a coleta seletiva.

Galpão de Reciclagem é inaugurado e Castilho ganha Coleta Seletiva - INTERNA1

Localizado na estrada Junqueira, anexo ao Canil Municipal, o galpão conta com 12 integrantes da associação dos catadores de recicláveis. Eles serão responsáveis pela triagem da coleta seletiva de Castilho. O grupo trabalhará em espécie de cooperativa e dividirá em partes iguais os lucros obtidos com as vendas dos materiais. A prefeitura, por sua vez, entrará com todo suporte necessário. Além de ceder o caminhão para auxiliá-los na coleta do lixo, contribuirá com uma ajuda de custo mensal, mais uma cesta básica.

Galpão de Reciclagem é inaugurado e Castilho ganha Coleta Seletiva - INTERNA2

Na solenidade de inauguração, Fátima falou do quanto este galpão será significativo na vida dos trabalhadores da associação, bem como de todos munícipes. Parabenizou o empenho de todos envolvidos e destacou que a coleta seletiva será um grande avanço. Felizes com o novo espaço para desenvolverem seus trabalhos, os membros da associação de recicláveis cantaram uma música gospel em homenagem à prefeita.

Estiveram presentes no evento os vereadores Daniel Batista de Oliveira e Flávio Nascimento. Ambos elogiaram a postura da prefeita pela coragem em colocar em prática o galpão. O comandante local da Polícia Militar, sargento De Souza, marcou presença juntamente com o soldado Alencar.

Galpão de Reciclagem é inaugurado e Castilho ganha Coleta Seletiva - INTERNA3

O secretário de Obras, João Bega Prado, e o diretor de meio ambiente, Fabiano Augusto Castilho Teno, explicaram como será o funcionamento do centro de reciclagem no dia a dia.

FUNCIONAMENTO – De acordo com Teno, Castilho produz em média de 8 a 10 toneladas de lixo por dia e, desse total, ao menos 3 toneladas são de recicláveis.

O novo espaço é contemplado com cozinha/refeitório, banheiros masculino e feminino, e ainda sala de almoxarifado. Para o trabalho do dia a dia, eles vão contar com uma esteira rolante para a triagem e uma máquina de prensa para condensar os volumosos materiais.

COLETA SELETIVA – A coleta inicia já na próxima semana e seguirá um cronograma montado pela equipe da Administração. Os moradores poderão colaborar ao separar em suas residências o lixo doméstico daquele que pode ser reciclado, tal como papel, vidro e alumínios. Assim, esse material separado será recolhido nos seguintes dias e bairros:

  • SEGUNDA-FEIRA (Bairros Laranjeira / Caminho das Águas /Housoume);
  • TERÇA-FEIRA (Centro – Entre a Avenida Samira Zhar até Avenida José Luciano Pereira);
  • QUARTA-FEIRA (Bairro Leão I / Leão II / Musa Telles / Chequir Abbud);
  • QUINTA-FEIRA (Alvorada / Olga Benário / Nelson Borges);
  • SEXTA-FEIRA (Jardim Nova York / Beira Rio / Jupiá (Vila dos Operadores).

Lembrando que no comércio e nos supermercados há pontos fixos e serão recolhidos todos os dia.

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Tamiko leva pedidos ao governador João Doria em Araçatuba

Tamiko leva pedidos ao governador João Doria em Araçatuba

A prefeita Tamiko Inoue esteve acompanhando, nesta quinta-feira (28), a visita do governador João Doria à cidade de Araçatuba. Na oportunidade, Tamiko fez pedidos na área da saúde e infraestrutura junto ao líder do executivo do Estado de São Paulo.

Aproveitamos a oportunidade para fazer importantes pleitos para o desenvolvimento do município”, destacou a prefeita, que é correligionária de Doria e estava ao lado do secretário de Turismo, Hugo Zamboni, e da assessora Leila de Oliveira.

Para a Saúde foi pleiteado a viabilidade de disponibilização de recurso financeiro no valor R$ 1 milhão. O pedido foi entregue diretamente ao secretário de Saúde, José Henrique German.

Em Infraestrutura, foi requerido a liberação de recursos para a continuidade das obras de pavimentação da vicinal Emitério Castilho Teno, a estrada que liga o município ao patrimônio de Paranápolis. Esta gestão foi direcionada ao DER (Departamento de Estradas e Rodagens).

Em sua visita a Araçatuba, Doria anunciou o programa Meu Pet e a construção do primeiro hospital veterinário daquele município. Na cidade, Doria ainda inaugurou obras da Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, autorizou regularizações fundiárias, entregou títulos de propriedade e autorizou R$ 5 milhões para infraestrutura urbana.

[Fonte: Secom/Prefeitura]

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Malha férrea de Rio Preto será retirada do perímetro urbano

Malha férrea de Rio Preto será retirada do perímetro urbano

Em sessão realizada nesta quarta-feira (27), o Tribunal de Contas da União (TCU), aprovou a renovação antecipada da concessão ferroviária da Malha Paulista à concessionária Rumo, tornando possível a execução da retirada da linha férrea do perímetro urbano de São José do Rio Preto e região.

Essa decisão vem ao encontro do nosso trabalho desde 2013, para retirada da linha férrea e desvio para áreas distantes da cidade. Estivemos diversas vezes em Brasília para cobrar providências urgentes a esse desvio. Estaremos acompanhando e trabalhando para que essa realidade seja alcançada o mais breve possível”, comentou o deputado Sebastião Santos (Republicanos) após saber da decisão do TCU.

Deputado Estadual Sebastião Santos (Republicanos)
Deputado Estadual Sebastião Santos (Republicanos)

No dia 19/10/2016, após protocolar requerimento sobre a retirada dos trilhos da ferrovia no perímetro urbano de São José do Rio Preto, Mirassol, Cedral e Bady Bassitt, na sede do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) em Brasília, o parlamentar foi recebido pelo então diretor de Infraestrutura Ferroviária do DNIT, Charles Magno, além do então coordenador-geral de Obras Ferroviárias, Marcelo Chagas e o assessor técnico, Adelivio Peixoto.

Durante a audiência foi aprovado um contorno que passará por trás do município de Bady Bassitt, onde será retirado o percurso de dentro da área urbana e redirecionado por uma nova variante em uma área rural desapropriada.

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Governo de SP anuncia programa Meu Pet e hospital veterinário em Araçatuba

Governo de SP anuncia programa Meu Pet e hospital veterinário em Araçatuba – DESTAQUE

Em visita à cidade, João Doria também inaugurou obras de avenida, autorizou regularizações fundiárias e autorizou R$ 5 milhões para infraestrutura urbana

 

O Governador João Doria anunciou, nesta quinta-feira (28), o programa Meu Pet e a construção do primeiro hospital veterinário em Araçatuba. Na cidade, Doria ainda inaugurou obras da avenida Presidente Juscelino Kubitschek, autorizou regularizações fundiárias, entregou títulos de propriedade e autorizou R$ 5 milhões para infraestrutura urbana. Estiveram presentes os Secretários da Saúde, José Henrique Germann; de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi; e da Justiça, Paulo Dimas Mascaretti.

Governo de SP anuncia programa Meu Pet e hospital veterinário em Araçatuba - INAUGURAÇÃO DA AV JK

A avenida Juscelino Kubitscheck é um sonho de 30 anos. Um investimento considerável do Governo de São Paulo e da Prefeitura de Araçatuba, financiado pela DesenvolveSP. A avenida finalmente está pronta, depois de três décadas, desde que ela foi originalmente projetada. O hospital veterinário é o primeiro de dez que vamos construir no Estado. O primeiro será em Araçatuba. As obras começam até março do ano que vem e devem durar 12 meses”, afirmou o Governador.

Avenida J.K. levou trinta anos pra ser finalizada
Avenida J.K. levou trinta anos pra ser finalizada

O programa Meu Pet é inédito e vai dar apoio a ações e serviços voltados à defesa e saúde dos animais domésticos, incluindo vacinação e adoção responsável. Assim, em Araçatuba, deverão ser investidos R$ 3,2 milhões para construir e equipar o hospital, que oferecerá a cães e gatos serviços gratuitos como consultas veterinárias, cirurgias e exames de ultrassom, raio-x e endoscopia. A estrutura de 480 m² contará com salas cirúrgicas, e a licitação para construção deverá ocorrer em 2020.

Ao todo, serão construídos dez hospitais veterinários. A previsão é que haja investimento de mais de R$ 30 milhões em obras e equipamentos do programa. Cada unidade também deverá receber incentivo às ações de castração, no valor de R$ 150 por procedimento.

A contratação de funcionários e o custeio das atividades assistenciais ficarão sob responsabilidade dos municípios atendidos.

As demais unidades da rede Meu Pet serão definidas com base em análises de demandas regionais. A criação da rede será definida e monitorada com apoio da Coordenadoria de Defesa e Saúde Animal, na estrutura da Secretaria da Saúde.

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA

João Doria autorizou, ainda, um contrato de regularização fundiária entre a Secretaria da Justiça e Cidadania, por meio da Fundação Itesp, com Araçatuba e a entrega de 180 títulos de propriedade em Avanhandava (52 moradores), Glicério (15 moradores) e Pirajuí (113 moradores).

O contrato com Araçatuba vai viabilizar serviços técnicos especializados para regularizar áreas da extinta Rede Ferroviária Federal S/A. O contrato terá contrapartida de R$ 128 mil da prefeitura.

Governo de SP anuncia programa Meu Pet e hospital veterinário em Araçatuba - ENTREGA DE TÍTULOS

Também foram entregues 163 títulos de propriedade para famílias dos bairros Hilda Mandarino, João Batista Botelho, São Sebastião B e C, Esplana e Alvorada, de Araçatuba. Com a entrega, os moradores dos núcleos passam a ser legalmente proprietários dos imóveis.

REVITALIZAÇÃO URBANA

A Prefeitura de Araçatuba também recebeu crédito da Desenvolve SP para financiar obra de reestruturação viária e recapeamento em diversos pontos da cidade.

Por meio da linha de financiamento Via SP, cerca de 58 mil m² em vias municipais receberam melhorias, entre elas, a avenida Juscelino Kubitschek. O projeto recebeu R$ 3,1 milhões e deu mais segurança e mobilidade aos moradores, otimizando a circulação de pedestres e veículos, além de colaborar com o aquecimento da economia local, gerando empregos.

RECAPEAMENTO

O Governador também anunciou R$ 5 milhões para infraestrutura urbana em Araçatuba. Os recursos serão aplicados em pavimentação e recapeamento das principais vias do município. Os convênios foram assinados e seguem tramitação administrativa para início de obras.

A contrapartida municipal será de R$ 300 mil. O pacote de recapeamento em Araçatuba contempla 15 ruas e mais de 133 mil m² de recapeamento, além de 691 m² de sinalização horizontal.

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Após decretar fim da “cobrança de ar”, Fátima quer proibir taxa de religamento da água

Após decretar fim da “cobrança de ar”, Fátima quer proibir taxa de religamento da água

A assessoria de imprensa da prefeitura de Castilho divulgou esta semana mais uma iniciativa adotada pela prefeita Fátima Nascimento (DEM) com objetivo de corrigir cobranças de serviços praticadas pela concessionária Águas Castilho e que a população em geral consideradas abusivas.

Recentemente, através de uma lei aprovada pela Câmara, Fátima determinou que a empresa instale redutores de ar antes dos pontos de leitura de residências e prédios comerciais que requisitarem este benefício.

Agora, a Câmara de Vereadores estuda o projeto que elimina definitivamente a cobrança das taxas de religação cobrada pela Águas Castilho dos clientes que têm o fornecimento suspenso em virtude de eventuais atrasos no pagamento de suas contas mensais.

Nossa população já sofre com o alto valor de taxas da água e esgoto. Além de serem penalizados quando há corte no fornecimento de água, ainda é obrigada a pagar por uma taxa absurda de religação. Quero acabar com isso”, disse Fátima em Nota divulgada por sua assessoria de imprensa.

VALORES – Segundo a prefeitura, atualmente a concessionária cobra em torno de R$ 160,00 para reativar o abastecimento ao consumidor. Fora isso, não raro o cliente tem que pagar, ainda, pela adequação do sistema de leitura para enquadrar-se nos padrões adotados pela empresa. E, é claro, existe também a(s) conta(s) em atraso que motivou(aram) o corte no fornecimento.

Em virtude de tais circunstâncias, “muitas famílias deixaram de comprar pão e leite para pagar uma conta de água no valor de R$ 82,00, e aí tiveram que pagar mais uma cruel taxa de R$ 160,00 para religar a água, o que endividou muita gente, causando dor e sofrimento”, lamentou a Chefe do Executivo.

Com tais argumentos, Fátima espera obter novamente o apoio Legislativo para eliminar o problema e minimizar o impacto nos bolsos dos cidadãos castilhenses.

Tenho certeza que com ajuda da Câmara, vamos reverter essa história a favor do nosso povo”, disse confiante.

Se as expectativas positivas relacionadas ao apoio parlamentar se confirmarem durante a votação do pedido, Fátima quer o cumprimento imediato da nova Lei, cujo texto prevê que, em caso de descumprimento da legislação municipal, a empresa Água Castilho poderá ser multada pela ARSAE no valor de R$ 1.000,00 por dia.

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Prazo para parcelamento do Programa Divida Zero termina nesta sexta-feira

Prazo para parcelamento do Programa Divida Zero termina nesta sexta-feira – destaque

Termina nesta sexta-feira, dia 29 de novembro, o prazo para requerer as condições de pagamento especial que dá ao munícipe andradinense 65% de desconto dos juros e multa à vista no pagamento dos débitos tributários com a prefeitura. Nesta mesma data, também vence o prazo para quem quer parcelar a dívida em, no máximo, duas vezes e com desconto de 55%.

Contribuinte deve procurar Central de Atendimento do Paço Municipal com entrada pela rua J. A. de Carvalho
Contribuinte deve procurar Central de Atendimento do Paço Municipal com entrada pela rua J. A. de Carvalho

Para obter tais benefícios, os contribuintes devem aderir ao Programa Dívida Zero do Governo de Andradina, cujas regras valem para quitação de IPTU, ISSQN, taxa de água anterior à concessão e demais débitos junto ao tesouro municipal.

De acordo com a Secretaria de Comunicação do Governo de Andradina, contribuintes com débitos parcelados antes da vigência desta lei de anistia também poderão aderir ao programa, assim como os que já estão inscritos em dívidas ativas e com execução fiscal já ajuizada mediante a comprovação do pagamento total da dívida, despesas e custas processuais e demais verbas fixadas por decisão judicial e/ou pela lei processual.

A opção pelo Programa deverá ser requerida na Central de Atendimento do Paço Municipal com entrada pela rua J.A. de Carvalho, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h30.

[Com informações da Secom/Prefeitura]

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

São Paulo corta ICMS de indústria calçadista pela metade

São Paulo corta ICMS de indústria calçadista pela metade – destaque

Anúncio feito nesta terça-feira favorece diretamente a indústria do calçado em Birigui, que terá carga tributária efetiva reduzida de 7% para 3,5%

O Governador João Doria anunciou, nesta terça-feira (26), que o Estado vai reduzir pela metade a alíquota do ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) cobrado dos fabricantes de calçados de São Paulo.

O imposto sobre o calçado vai ser reduzido em 50%. Menos imposto, mais competitividade”, afirmou Doria. O anúncio foi feito durante visita ao polo calçadista de Franca. “Os calçados populares serão vendidos por preços mais convidativos e, portanto, mais competitivos no mercado brasileiro e também exportados. Igualmente, os calçados voltados ao público de alta renda também serão beneficiados. A redução de imposto permitirá que o industrial invista em design, embalagem, marketing e promoção, seja ela no Brasil ou fora do país”, acrescentou o Governador.

São Paulo corta ICMS de indústria calçadista pela metade - interna

As alterações na legislação de ICMS servem para elevar a competitividade da indústria de São Paulo. A alíquota cobrada do setor calçadista passará de 7% para 3,5%, o que favorece a competição nacional e contribui para o fortalecimento do setor no mercado externo. A mudança também vai produzir melhor adequação da carga tributária, estendendo-se a toda a cadeia de calçados em São Paulo, inclusive distribuidores e varejistas.

É um gesto histórico. Há mais de 12 anos que o setor calçadista pede a redução do imposto nesse patamar e nós tomamos a decisão, planejamos e anunciamos. A partir de janeiro do ano que vem, esse será o novo patamar da indústria calçadista de São Paulo, impulsionando as regiões de Birigui, Jaú, Franca e todo o Estado”, afirmou Doria, destacando as cidades grandes produtoras do setor.

A redução tributária será possível porque a Secretaria da Fazenda e Planejamento irá ajustar a tributação pela concessão de crédito outorgado para que a alíquota efetiva seja de 3,5%. Com o incentivo, o Governo do Estado incentiva um importante setor da economia de São Paulo, que emprega muita mão de obra e pode gerar ainda mais empregos.

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

São Paulo e AWS juntas para levar ensino de computação em nuvem a Etecs e Fatecs

São Paulo e AWS juntas para levar ensino de computação em nuvem a Etecs e Fatecs – destaque

Acordo de colaboração foi assinado ontem pelo Governador João Doria, no Amazon Lab 126, em San Jose, na Califórnia, nos Estados Unidos

O Governador João Doria assinou, na tarde desta sexta-feira (22), um acordo de colaboração entre o Centro Paula Souza e a AWS, para oferecer acesso ao ambiente de aprendizagem virtual da AWS, plataforma de serviços de computação em nuvem da Amazon, para todos os alunos do Centro Paula Souza, sobretudo do eixo de Tecnologia e Comunicação.

São Paulo e AWS juntas para levar ensino de computação em nuvem a Etecs e Fatecs - interna2

Assinamos hoje um acordo envolvendo o trabalho do Centro Paula Souza e da AWS para um programa que disponibiliza acesso a tecnologias para os estudantes das Fatecs e das Etecs. Estamos levando aos alunos o que há de mais moderno na área de tecnologia sendo desenvolvido no mundo”, disse Doria em seu terceiro dia de agenda nos Estados Unidos. “O programa está em processo de treinamento e começa oficialmente em 1º de janeiro de 2020”, anunciou.

As primeiras Etecs e Fatecs a serem beneficiadas serão definidas em plano de trabalho que será elaborado, a partir da assinatura desta parceria. Cerca de 200 professores e 20 mil alunos devem ser beneficiados na primeira etapa do projeto.

Com a AWS vamos ter um ambiente de aprendizado virtual, focado na computação em nuvem. Nossos alunos terão acesso a essa computação em nuvem. Além disso, a AWS respondeu ao edital do Minha Chance, e estamos trabalhando juntos na customização e formação de cursos de computação em nuvem para novas tecnologias”, afirmou a Secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen. “Já estamos inclusive começando um piloto para nossos jovens do ensino médio, pelo programa Novotec”, disse.

São Paulo e AWS juntas para levar ensino de computação em nuvem a Etecs e Fatecs - interna1

A empresa respondeu ao edital para customização de cursos técnicos voltados a tecnologia e empregabilidade. Os futuros cursos irão impactar milhares de jovens e adultos de toda a cadeia produtiva de datacenter e tecnologia.

São Paulo e AWS juntas para levar ensino de computação em nuvem a Etecs e Fatecs - interna3

No caso dos cursos do Novotec, o currículo da qualificação profissional de computação em nuvem de 200h oferecida aos alunos de escolas estaduais também está sendo construído numa parceria do CPS e da AWS.

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...
1 2 3 40
Page 1 of 40