close

Policial

Flagrado com 1 Kg de maconha, ‘Chiclete’ foge para cemitério para não ser preso pela PM

trafico_chiclete-1

O desempregado Robson de Paula, o “Chiclete’, foi preso pela Polícia Militar na noite de quarta-feira (18), acusado de tráfico de entorpecente. Com ele foi localizado um tijolo prensado de maconha (Cannabis Sativa), pesando 993 gramas. Encaminhado inicialmente para a Delegacia de Polícia do município, foi removido para o plantão das Delegacia Seccional de Andradina e posteriormente recolhido à cadeia de Pereira Barreto. A droga foi apreendida pela Polícia Civil.

A prisão do acusado aconteceu quando uma equipe de Rádio Patrulhamento composta por cabo Fábio e soldado Fernando, realizava patrulhamento pelo centro da cidade e ao passar pelo cruzamento das Avenidas Getúlio Vargas, com José Luciano Pereira, avistou o indivíduo de apelido “Chiclete”, já conhecido nos meios policiais.

Quando percebeu a viatura, ele dispensou uma sacola e começou a andar rápido, sentido ao cemitério local. Já próximo dali, correu para dentro do campo santo e se escondeu.

Os policiais foram verificar o que ele havia dispensado e constaram tratar-se de um tijolo prensado de maconha, que pesou exatos 993 gramas.

Diante do entorpecente localizado, com reforço de outra equipe policial, o quadrilátero do cemitério foi cercado e começou uma varredura. Depois de certo tempo o indivíduo foi flagrado atrás de um túmulo, sendo detido e algemado para condução ao Distrito Policial.

Policiais suspeitam que ele comprou o entorpecente na cidade de Três Lagoas/MS e o revenderia em Castilho/SP.

trafico_chiclete-2

mil noticias

 

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Castilho: Acidente envolvendo carro e bicicleta deixa aposentado ferido

atropelamento em janiero

16144151_345305079201804_1079024735_n (1)Um aposentado de 60 anos sofreu escoriações leves após ser atropelado no cruzamento das Ruas Olavo Bilac x José Manoel de Ângelo.

Segundo populares o aposentado que trafegava em sua bicicleta pela Rua José Manoel de Ângelo, não respeitou a sinalização e no cruzamento foi atingido pelo veículo, com o impacto ele foi arremessado ao solo.

O mesmo foi socorrido pelo Resgate do Corpo de Bombeiros de Andradina e conduzido a Santa Casa daquela cidade, após exames e constatados algumas escoriações, o aposentado passa bem.

O motorista do veículo, que trafegava pela Rua Olavo Bilac afirmou que tudo foi muito rápido, e que o aposentado teria cruzado a preferencial, não tendo condições de evitar a colisão.

Populares que estavam pelo local reclamaram da demora no atendimento, porém elogiaram os militares que prestaram o socorro.

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Mulher volta para buscar bens, quebra vidro de casa e ameça ex-marido

94675_610

Um estudante de 25 anos foi ameaçado pela ex-companheira, revoltada com a separação dos bens do casal após seis meses de relacionamento.

O jovem relatou aos policiais que foi surpreendido pela mulher em sua residência, na Rua Alcino Queiroz, Bairro Jardim dos Buritis em Paranaíba. A mulher disse que havia ido buscar alguns bens que estavam na casa.

O rapaz, segundo o boletim de ocorrência, disse à ex-mulher que a separação dos bens já havia sido feita entre os dois e que ela não entraria na residência.

Não aceitando a situação, sua ex-companheira começou a quebrar os vidros da porta da sala; momento em que o jovem acionou a Polícia Militar através do 190.

Ao chegar ao local, a guarnição tentou acalmar a situação e fazer orientações aos envolvidos, momento em que a mulher passou a ameaçar o rapaz dizendo que “aquilo não ficaria daquele jeito e que ele ia ver como aquilo ia ser resolvido”. Segundo o boletim de ocorrência não houve agressões físicas de nenhuma das partes.

Os dois foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil.

Por Leonardo Guimarães
Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

CACHORRA DESAPARECIDA EM CASTILHO

15995594_1210302632429687_1697819382_n

Desapareceu, na manhã desta quinta-feira (12), uma cachorra da raça yorkshire, que atende pelo nome de MEL.

Foi vista pela última vez perto da travessia da linha (Polícia Ambiental), no Laranjeiras.

Quem encontrou ou encontrar, entrar em contato no 3741-2332 ou 9-8110-4854 (Lucas Gustavo ou Sara do Conselho Tutelar)

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Trio é detido após atear fogo em casa de desafeto no Santa Cecília

trio_incendio_doloso01-613×400

A Polícia Militar prendeu na madrugada de sexta-feira (06), Edson Junior dos Santos, o “Pança”, de 27 anos, residente na rua Edson Arantes, bairro Bela Vista, Maxsuel Ramos Xavier, 21, da Av. Bandeirantes e Victor Hugo Martins dos Santos, 24, da rua Bartolomeu Gusmão, os dois do bairro Santa Cecília, acusados de incêndio criminoso. Encaminhados ao plantão policial, foram indiciados e recolhidos à cadeia de Pereira Barreto.

A prisão do trio aconteceu depois que uma testemunha percebeu-o indo em direção a uma casa localizada na rua Rui Barbosa, no bairro Santa Cecília, com um pedaço de pau, com menção de agredir uma pessoa, identificada posteriormente por Rodrigo Duarte Soares, o “Lango”, de 33 anos, residente no local dos fatos e acusado de estar efetuando diversos furtos nas imediações.

Segundo a testemunha, como o trio não localizou a pessoa na casa, saíram de lá sentido a um bar próximo da igreja católica do bairro. Em poucos minutos uma coluna de fumaça saía do imóvel, ficando provado que os mesmos colocaram fogo na casa de forma intencional (incêndio doloso). Foram acionados Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e a Perícia Técnico/científica para o local dos fatos.

Quando equipes de Força Tática e ROCAM realizaram patrulhamento pelo bairro, localizaram os três acusados bebendo no bar mencionado. Foi dada voz de prisão em flagrante, e, segundo a PM “Pança” foi algemado com uso de força física necessária depois de resistir ordem de prisão.

No plantão policial, após o delegado plantonista tomar ciência de que o trio tinha mesmo intenção de dar uma lição no desafeto, e não o encontrando ateou fogo em sua casa (doloso – quando há intenção) representou (requereu)  a conversão em flagrante em preventiva com objetivo de segregar os indiciados do convívio da sociedade.

“Pança” esteve preso por vários meses acusado de tráfico de entorpecente. Já Maxsuel responde processo por roubo, acusado de invadir e roubar um depósito de material de construção no bairro em que mora, agredir a proprietária, uma idosa de mais de 60 anos e levar grana. “Vitinho” ainda não tinha passagem.

MIL NOTICIAS/Agência
Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Castilhense é presos pela Força Tática da PM com fuzil e luneta

posse_arma_rifle-3-360×400

A Polícia Militar prendeu na noite de sexta-feira (06), o mecânico Edevaldo Ferreira, de 51 anos, residente na rua Amazonas, bairro Stela Maris, em Andradina e o vendedor Milton Paulo Mendonça, 50, residente na rua Agrário de Brito Neves, centro, em Castilho, acusados de posse ilegal de arma de fogo restrita. A arma, um Fuzil HK 630, estava com o mecânico, porém, disse que ela pertencia ao vendedor. Encaminhados ao plantão policial da Delegacia Seccional de Andradina, foram indiciados e recolhidos à cadeia de Pereira Barreto. O fuzil foi apreendido.

 

 

Fuzil de fabricação alemã, com uma luneta acoplada é uma arma de grande precisão, avaliaram os policiais, Foto: Divulgação

Fuzil de fabricação alemã, com uma luneta acoplada é uma arma de grande precisão, avaliaram os policiais, Foto: Divulgação

A prisão dos dois teve início quando uma equipe de Força tática da PM, com sargento Gilberto, cabos Alécio e Ceballos, foi averiguar denúncia de que o mecânico possuía uma arma de fogo em casa de longo alcance,  além de várias baterias de caminhões. Ao chegarem no imóvel, foi dada ciência a ele da denúncia, tendo ele autorizado uma vistoria na casa e no quintal.

Com apoio da Força Tática Comando, composta por tenente Douglas, cabo Calister e soldado C. Santos, além de uma outra equipe de Tático com sargento Fagundes, cabos Gomes e Richard, foi realizada uma grande vistoria no quintal e na casa do suspeito.

Quando os policiais averiguavam dentro do imóvel, localizaram atrás da porta, guardado em um saco preto de lixo, um fuzil automático de fabricação alemã, marca Heclkler & Koch, calibre .222, capacidade para até 24 tiros, porém, sem o carregador. O armamento pesado estava com uma luneta de longo alcance e alta precisão acoplada a ele.

Diante do fuzil localizado, o mecânico informou que a arma não era dele, pois só pegou para “olhar” e ela pertencia ao vendedor de Castilho, fornecendo o endereço do mesmo. A equipe do tático comando foi então até Castilho e localizou o vendedor.

A princípio negou qualquer vínculo com o armamento, dizendo que nem conhecia o mecânico, porém, depois de conversar com o delegado plantonista, acabou caindo em contradição, dando a entender que essa arma estava sendo negociada pelos dois. Diante disso, o delegado indiciou os dois por posse ilegal de arma de fogo restrita. Esse é o segundo fuzil apreendido na cidade em poucos dias. O outro foi um “mosquetão”.

 

MANOEL MESSIAS/Agência
Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Mãe de bebê achado em mala tem 11 anos e era abusada pelo pai, diz polícia

bebe_2_lbolmfy

A mãe do menino recém-nascido encontrado dentro de uma mala em Piracicaba (SP) é uma criança de 11 anos. Segundo a Polícia Civil, a suspeita é que ela era abusada sexualmente pelo próprio pai, que pode ter engravidado a menor. Ele nega. A menina foi localizada na tarde desta quinta-feira (5). Um convite para um chá de bebê achado junto com a criança foi a pista que levou os investigadores até a mãe.

O bebê foi encontrado na noite de quarta-feira (4), ainda com o cordão umbilical, após uma denúncia. Conforme a PM, que atendeu o chamado, suspeitava-se que ele tinha sido abandonado apenas duas horas após o parto. O menino estava enrolado em uma toalha, em uma caixa de papelão dentro de uma bolsa de mão, de acordo com os policiais militares.

De acordo com a Polícia Civil, a menina deu à luz na tarde de quarta e o parto foi realizado dentro da casa dela, no distrito de Ártemis, área rural de Piracicaba. A mãe da menor confessou que fez o parto e avisou o marido, que descartou o bebê em frente a uma chácara do bairro Itaperu por volta das 20h.

A mãe da menina afirmou aos policiais civis que não sabia que o marido abusava da filha. Ela foi liberada, mas poderá responder por abandono de incapaz. Já o homem, que tem 36 anos, ficou detido na delegacia. A Polícia Civil pediu a prisão preventiva à Justiça. Ele é suspeito de violência sexual contra a própria filha, além do abandono.

Chá de bebê
O convite para um chá de bebê foi a pista que levou os policiais à mãe do recém-nascido. O evento foi realizado em dezembro por um casal que também está para ter filho. Segundo eles afirmaram à polícia, a mãe da menina dizia à família que ela não estava grávida, mas apenas tinha engordado.

Pai nega abuso
O pai da menina negou à Polícia Civil que tenha abusado sexualmente da filha. Ele afirmou ainda que não sabia que a garota estava grávida. Conforme os investigadores, o homem já foi preso por assalto em 2007 e saiu da cadeia em 2010.

Cuidados médicos
A garota de 11 anos foi levada para um hospital de Piracicaba para se recuperar do parto. O bebê também ficou em observação em uma unidade de saúde da cidade.

Bebê-rescém nascido estava dentro de mala em distrito de Piracicaba (Foto: Polícia Militar de Piracicaba)Bebê recém-nascido estava dentro de mala em distrito de Piracicaba (Foto: Polícia Militar de Piracicaba)
Bebê foi encontrado dentro de mala em estrada de Piracicaba (Foto: Polícia Militar de Piracicaba)
Por G1
Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Cidade lança campanha para ajudar ex-porteiro a realizar o sonho após assalto

15934368_785700384901756_805888713_n

A história que vamos contar agora é de Everton Luiz Ribeiro Pereira, um jovem sonhador que aos 24 anos, após cinco de trabalho, se demitiu da função de porteiro no hospital da pequena cidade de Castilho, interior paulista, para fazer faculdade de Medicina na Argentina. Juntou todas as economias possíveis, mas foi abruptamente surpreendido pelo destino.

Na madrugada do último dia 2, em Praia Grande, em Santos, onde residem familiares, o rapaz foi alvo de bandidos. Everton, o pai com a namorada dele e um irmão foram surpreendidos por dois marginais armados, horas antes de embarcar para o país vizinho. O BO 57/2007 foi registrado pela Polícia Civil.

No assalto, os bandidos de moto levaram o carro do irmão dele, um Fiat ano 2007 e todos os sonhos de Everton. Dentro do veículo estavam R$ 9,5 mil, notebook e as malas com todos os pertences do ex-porteiro, que ficou apenas com a roupa do corpo. Felizmente, ninguém se feriu. O Fiat foi encontrado abandonado mais tarde.

Em fração de segundos o sonho do castilhense se tornou em pesadelo. Planos de anos de trabalho e economia, tudo ruiu. Everton entrou em estado de choque e ainda se recupera, apesar de frustrado, ainda desnorteado, mas com fé de que Deus está no controle de tudo. Ele é membro da Primeira Igreja Batista em Castilho.

Diante desse drama e sensibilizados com a situação de Everton, o diretor do hospital de Castilho, Devanir Pimenta e amigos dele que ainda atuam no órgão decidiram apelar aos meios de comunicação para tentar ajudá-lo.

“Ele sempre foi muito prestativo, trabalhava com amor, sonhando salvar vidas e gostaria que pudessem ajudá-lo com qualquer quantia, para que o sonho interrompido por hora possa ressurgir e tornar realidade”, apela o diretor.

Sensibilizados com a tragédia pessoal, amigos de Castilho lançaram uma campanha com “livro ouro” arrecadando entre R$ 1,00 e R$ 5,00. Mas os interessados em ajudar basta efetuar depósitos no Bradesco, agência 230, conta corrente 32188-5, em nome de Everton [CPF-385.023.068-63]. A meta é repor ao ex-porteiro ao menos o que lhe foi roubado.

 

 

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Famílias invadem terreno da prefeitura para cobrar moradias populares

_mg_5165

Uma área que pertence ao município foi invadida por cerca de 900 famílias em Castilho, o espaço fica próximo ao bairro Olga Benário.

A invasão foi concretizada na tarde desta terça – feira (03), onde já é possível notar um grande número de barracos de lona no local.

De acordo com um dos ‘organizadores’ do movimento, Valdomiro Santos, 50 anos, ‘Mirão’ como é conhecido, o movimento possui cerca de 900 famílias cadastradas, e o objetivo é chamar a atenção da administração pública para doação de mais de 80 terrenos para construção de moradias “estamos nos reunindo desde Setembro do ano passado e sabemos que existem 80 lotes no local, esperamos um posicionamento da Prefeitura para doação desses lotes” Declarou.

Mirão ainda afirma que o grupo tem um controle rigoroso, a fim de evitar que pessoas que já foram favorecidas ou até mesmo que possuam terrenos ou propriedades, não sejam beneficiadas com uma possível doação desses terrenos.  “Eu sei que existem pessoas na lista que não estão de acordo com as regras, essas eu serei o primeiro a apontar as irregularidades, eles não serão contemplados” concluiu.

_mg_5175Uma das famílias que estão no local é do pedreiro Luís Alberto, 43 anos, que ao lado da esposa Sonia Maria e do filho Luís Antônio, esperam pela definição do movimento na expectativa de serem contemplados com um lote. “Eu nasci em Castilho e até hoje não consegui comprar minha casa, espero conseguir, pois pago com sacrifício R$ 600,00 de aluguel” desabafou.

Por meio de sua assessoria a prefeita do município informou que desconhecia a situação e que estaria tomando ciência dos fatos, um funcionário da prefeitura iria ao local para ouvir os manifestantes e posteriormente tomar as providências necessárias.  Vale ressaltar que hoje (03) é o primeiro dia do trabalho da atual administração.

Nota:

É bem verdade que existem pessoas/ famílias que realmente precisam de um lugar para morar de forma mais digna. Porém uma grande maioria usa desses programas para trampolim, onde aproveitam do benefício e posteriormente vendem o terreno (algo que não é permitido). Isso aconteceu em grande escala no próprio bairro Olga Benário e no recente Nelson Borges, prejudicando famílias carentes que realmente precisam.

_mg_5161  _mg_5169  _mg_5177

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Em Campinas, 11 pessoas da mesma família são mortas durante Réveillon

chacina_campinas6

Onze pessoas de uma mesma família foram assassinadas em uma chacina na virada do ano, entre a noite de sábado (31) e a madrugada deste domingo (1º), em Campinas (SP). Outras duas pessoas foram baleadas e encaminhadas ao Hospital de Clínicas da Unicamp.

Um homem matou a ex-esposa, o filho e familiares durante a festa de réveillon na casa da família, pouco antes da meia-noite, segundo a Polícia Militar, e se matou em seguida. O autor do crime estava em processo de separação da esposa, ainda segundo a PM.

O crime ocorreu na Rua Pompílio Morandi, próximo ao Shopping Unimart.

O técnico de laboratório Sidnei Ramis de Araújo, de 46 anos, que matou a ex-mulher, o filho e mais 10 pessoas a tiros durante o réveillon em Campinas, na noite deste sábado (31), escreveu cartas revelando seus planos de matar a família. Os textos, um direcionado ao filho e o outro a uma namorada, haviam sido enviados para amigos antes do crime e foram obtidos pelo jornal “O Estado de S. Paulo”.

Autor de chacina em Campinas escreveu carta sobre seu plano

Homem que matou a ex-mulher, o filho e mais dez pessoas em festa de réveillon enviou texto a amigos dizendo: ‘vou levar o máximo de pessoas daquela família comigo’

Veja a seguir alguns trechos. Foram excluídas citações que ele faz de outras pessoas e acusações sem comprovação. Foram deixadas apenas as partes em que ele relata seu plano de matar a família e comentários políticos. Também foi mantida a sua própria grafia.

“Não tenho medo de morrer ou ficar preso, na verdade já estou preso na angustia da injustiça, além do que eu preso, vou ter 3 alimentações completas, banho de sol, salário, não precisarei acordar cedo pra ir trabalhar, vou ter representantes dos direito humanos puxando meu saco, tbm não vou perder 5 meses do meu salário em impostos.

Morto tbm já estou, pq não posso ficar contigo, ver vc crescer, desfrutar a vida contigo por causa de um sistema feminista e umas loucas. Filho tenha certeza que não será só nos dois quem vamos nos foder, vou levar o máximo de pessoas daquela família comigo, pra isso não acontecer mais com outro trabalhador honesto. Agora vão me chamar de louco, más quem é louco? Eu quem quero justiça ou ela que queria o filho só pra ela? Que ela fizesse inseminação artificial ou fosse trepar com um bandido que não gosta de filho.

No Brasil, crianças adquirem microcefalia e morrem por corrupção, homens babacas morrem e matam por futebol, policiais e bombeiros morrem dignamente pela profissão, jovens do bem (dois sexos) morrem por celulares, tênis, selfies e por ídolos, jornalistas morrem pelo amor à profissão, muitas pessoas pobres morrem no chão de hospitais para manter políticos na riqueza e poder!

Eu morro por justiça, dignidade, honra e pelo meu direito de ser pai! Na verdade somos todos loucos, depende da necessidade dela aflorar!

A vadia foi ardilosa e inspirou outras vadias a fazer o mesmo com os filhos, agora os pais quem irão se inspirar e acabar com as famílias das vadias. As mulheres sim tem medo de morrer com pouca idade.

Aproveitando, peço aos amigos que sabem da minha descrença, que não rezem e por mim, se fazerem orações façam por meu filho ele sim irá precisar! Quero ser enterrado com a cabeça para baixo se garante que assim posso ir pro inferno buscar a velha vadia (que era até ministra de comunhão na igreja) que morreu antes da hora. Demorei pra matar ela pq me apaixonei por um anjo lindo!

(…)

Ela não merece ser chamada de mãe, más infelizmente muitas vadias fazem de tudo que é errado para distanciar os filhos dos pais e elas conseguem, pois as leis deste paizeco são para os bandidos e bandidas. A justiça brasileira é igual ao lewandowski, (um marginal que limpou a bunda com a constituição no dia que tirou outra vadia do poder) um lixo!

Se os presidentes do país são bandidos, quem será por nós?

Filho, não sou machista e não tenho raiva das mulheres (essas de boa índole, eu amo de coração, tanto é que me apaixonei por uma mulher maravilhosa, a Kátia) tenho raiva das vadias que se proliferam e muito a cada dia se beneficiando da lei vadia da penha!

Não posso dizer que todas as mulheres são vadias! Más todas as mulheres sabem do que as vadias são capazes de fazer!

Filho te amo muito e agora vou vingar o mal que ela nos fez! Principalmente a vc! Sei o qto ela te fez chorar em não deixar vc ficar comigo qdo eu ia te visitar. Saiba que sempre te amarei! Toda mulher tem medo de morrer nova, ela irá por minhas mãos!”

“(…) eu ia matar as vadias (eu já tinha a arma e raspei a numeração pra não prejudicar quem me vendeu, ela precisava de dinheiro). Família de policial morto não recebe tantos benefícios como a família de presos. Cadê os ordinários dos direitos humanos? Estão sendo presos por ajudar bandidos né? Paizeco de bosta.

Sei que me achava um frouxo em não dar uns tapas na cara dela, más eu não podia te dizer as minhas pretensões em acabar com ela! Tinha que ser no momento certo. Quero pegar o máximo de vadias da família juntas.

A injustiça campineira me condenou por algo que não fiz! Espero que eles sejam punidos de alguma forma.

Chega!! Ela tem que pagar pelo que fez.”

Fonte: novo.gazetaonline.com.br
Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...
1 18 19 20 21 22 24
Page 20 of 24