close

Policial

PM desarticula esquema de venda de maconha e põe seis na cadeia

pm

Policiais militares de Ilha Solteira, Itapura e Pereira Barreto desarticularam um esquema de tráfico de drogas e prenderam seis acusados na noite deste domingo, 20.

A operação começou o cabo Ednaldo e soldado Leão, que patrulhavam em Ilha Solteira, avisados por colegas de Itapura que quatro indivíduos suspeitos de tráfico, ocupando um Uno, vermelho, seguia para a vizinha Estância Turística.

O grupo foi seguido e abordado na Rua “K”, onde outro indivíduo o aguardava. Com apoio do sargento Palombo e o cabo Bellinelo os elementos foram revistados e com um deles, Alissom, apreendido um celular, vidro de ácido bórico e uma porção de maconha.

Allissom admitiu estar na Ilha para buscar certa quantidade de maconha que era trazida por outro sujeito de Pereira Barreto. A droga seria entregue na Conveniência do Tuita 2.

O entregador, identificado por Cláudio, foi localizado por uma equipe de Força Tática com base nas características passadas por Alissom e portava alguns “tijolos” da droga.

Segundo declarou ele, o entorpecente foi encomendado pelo grupo de amigos e ainda havia mais maconha escondida em Pereira Barreto.

Equipes dessa cidade encontraram mais porções do entorpecente num imóvel abandonado e as levaram para Ilha Solteira, local do flagrante por tráfico e associação ao trafico de drogas. A PM não divulgou o total apreendido.

visto no impactoonline

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Maconha, munições e remédio para disfunção erétil são apreendidos pela PMRE

2017081517001700

Um homem de 33 anos foi preso pela Polícia Militar Rodoviária Estadual (PMRE) na tarde desta terça feira (15) em Brasilândia. Ele estava transportando drogas e fugiu quando percebeu que seria abordado pelos policiais.

Segundo informações policiais, por volta das 13h os policiais da PMRE realizavam fiscalização de rotina as margens da rodovia MS-395 entre Bataguassu/Brasilândia e o motorista de um veículo de cor branca recebeu ordem de parada. O condutor do carro não obedeceu e começou a empreender fuga em alta velocidade pela rodovia seguindo para o perímetro urbano de Brasilândia.

Os policiais realizaram um acompanhamento tático e quando o condutor do carro em fuga não conseguiu realizar uma manobra em uma curva, o veículo foi abordado.

O suspeito desceu do carro e começou a fugir a pé, pulando o muro e cercas das residências, mas um cerco policial com o apoio de uma Rádio Patrulha da cidade de Brasilândia foi feito e o homem foi capturado.

Dentro do carro que o suspeito conduzia foram encontrados tabletes de maconha que estavam sendo transportados na modalidade conhecida como “cavalo doido” – quando a droga é transportada sem estar escondida em compartimentos secretos – , além de munições de calibre 9mm e 32. Uma caixa de medicamento para disfunção erétil também foi encontrada pelos policiais militares.

A droga foi pesada e contabilizou mais de 400 quilos.

O suspeito recebeu voz de prisão e foi levado a Delegacia de Polícia Civil de Brasilândia e foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e posse de ilegal de arma – munições – de fogo de uso restrito e permitido.

Por Celso Daniel

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Serial killer que matou professor em Andradina é preso em Barretos

capa-1

Equipes de Policiais civis da delegacia de Barretos-SP em contato com o Plantão de Andradina questionando se havia algum mandado de prisão para o Daniel, pela pratica de latrocínio, visto este ter sido abordado pela policia militar. Após contato com o Dr Vinícius Barbosa, consegui enviar àquela unidade policial o mandado de prisão temporária de Dracena em desfavor do Daniel. Nesta manhã a policia civil de Barretos novamente entrou em contato com o plantão em Andradina, visto terem notado que Daniel estava sujo de sangue e na posse de um veículo. Ao irem ate a casa do proprietário do veículo, que reside em Olímpia, localizaram este no interior de sua residência sem vida (assassinado). Daniel está sendo preso em flagrante delito por latrocínio. Relembre os casos anteriores: Andradina- SP: Um professor de 46 anos, identificado por Belino Belo Valieri, foi encontrado morto na manhã desse domingo (23), na casa onde morava, localizada a rua Alexandre Salomão, 626, na Vila Passarelli, em Andradina. Segundo a Policia o professor estava na sala, envolto em um lençol na cor roxo, com as mãos amarradas e provavelmente foi estrangulado. Segundo apurado pela reportagem junto aos proprietários da casa, O dono do local sentiu sua falta e ao procura-lo na manhã de hoje, o encontrou e a casa toda revirada, percebendo que  sua motocicleta havia sido levada. A Polícia Militar foi chamada no batalhão que fica nas proximidades. Conforme relatos dos policiais o corpo foi encontrado na sala, soterrado por objetos.

Quando a perícia averíguo, ele estava amarrado com as mãos e pernas, nu e apresentando inchaço. Um pênis de borracha introduzido no anus, também foi encontrado. A Polícia Civil através do Delegado Vinicius Barbosa Scolanzi, esteve no local e confirmou que ele foi assassinado provavelmente na madrugada de sexta, para sábado.

O criminoso pode ter levado a motocicleta uma Honda cg 160 na cor vermelha, placa ESD 2507 do município de Andradina. A polícia Civil trabalha com a hipótese latrocínio, (homicídio com a intenção de roubar). Policias da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) estiveram no local, e as investigações deverão ter início na segunda-feira.

Uma empresa funerária recolheu o corpo que foi encaminhado ao necrotério municipal de Andradina onde passara por exames necroscópicos. O sepultamento foi realizado no Cemitério São José em Murutinga do Sul Cidade Natal Belino. Dois dias depois a polícia civil de Andradina divulgou na tarde de terça-feira (25), a identidade do suspeito Daniel Perpétuo dos Reis Rodrigues, 40 anos.  Apontado como a pessoa que matou e roubou a moto e os pertences do Professor Belino Bento Valieri, 46 anos.

O acusado conta com passagem por tentativa de latrocínio e é procurado na cidade de Dracena. Segundo as autoridades, Daniel (Vulgo Peitudinho) é procurado por figurar como a pessoa que espancou e roubou Valmir Sionti que se encontra internado em estado grave em Prudente. Conheça o caso: http://jornalinterativo.net/2016/apos-sofrer-roubo-vitima-e-encontrada-desacordada-em-dracenasp/

A intenção da Policia Civil era que, testemunhas procurassem a DIG (Delegacia de Investigações Gerais) ou ligasse direto no telefone 197 para fornecer dados para investigação. A polícia acredita que o suspeito esteja na região de Barretos- SP. E pretende localiza-lo antes que possa cometer outros crimes. Peitudinho conta com extensa ficha criminal onde estão registrados crimes praticados tais como: Furto – Roubo – Estelionato – Porte Ilegal de arma e munições – Receptação e agora poderá acrescer a lista com mais estes dois crimes praticados nos últimos dias.

olhovivonews

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Impostor que usava fotos de PM é preso em Três Lagoas

598371d6a791f8a53492326c8ad60b66cb5d2a4070e8e

Após divulgação de matéria do Perfil News e investigações, o Serviço de Inteligência da Polícia Militar de Três Lagoas prendeu o trabalhador rural Genivaldo da Silva, de 37 anos, nesta quinta-feira (3). No Facebook, ele usava fotos do PM Edu Wesley Inácio de Almeida, que morreu em 2010 assassinado por um bandido. O internauta, por meio do perfil falso, assediava mulheres

Na delegacia, Genivaldo confessou o crime e demonstrou arrependimento. Ele disse que mantinha contato com as vítimas pelo celular. O homem é casado com uma mulher de 50 anos, que faz tratamento contra o câncer.

Conforme a polícia, as vítimas do acusado devem comparecer à delegacia para prestarem queixa. Genivaldo vai responder por falsidade ideológica e vilipêndio a cadáver – crime contra o respeito aos mortos – . O perfil do Facebook usado por ele foi excluído.

perfilnews

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Corpo é encontrado próximo de pousada em Castilho

corpo

O corpo de um homem já em estado de decomposição foi localizado agora a pouco por pescadores no início da tarde desta sexta-feira (28), próximo a pousada do Gino no município de Castilho.

A equipe do Corpo de Bombeiros de Três Lagoas chegou a ser acionada, porém como o local é considerado área de cobertura de Andradina, foi solicitado a remoção por parte da equipe dos Bombeiros de Andradina.

Segundo informações o corpo foi encontrado as margens do rio Paraná por alguns pescadores que passavam pelo local e devido ao estado avançado de decomposição ainda não foi possível identificar a pessoa, a única coisa que se sabe é que se trata de uma pessoa do sexo masculino.

A equipe do Resgate do Corpo de Bombeiros de Andradina já está a caminho do local, que fica a aproximadamente 40km da cidade de Castilho.

Os Bombeiros solicitaram apoio da Perícia Técnica da Polícia Civil, e também dos Policiais Militares de Castilho.

Dorivaldo Bernardo

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Dois empresários castilhenses são assaltados na manhã desta sexta

Foto – Grupo Portal

 

Polícia acredita que os assaltantes tenham sido o mesmo em ambas as ocorrências

Na manhã desta sexta-feira (28), dois empresários castilhenses foram assaltados.

No primeiro, os bandidos aproveitaram que o Mercado São José estava abrindo suas portas para mais um dia de trabalho, quando chegaram dois indivíduos em uma motocicleta renderam funcionários e levaram cerca de R$ 300.

Minutos depois foi à vez do empresário ‘Marcos Comunicação Visual’ de sofrer da mesma atitude, novamente dois indivíduos em uma motocicleta entraram no estabelecimento e anunciaram o assalto, rendendo o proprietário e um funcionário, e levaram pulseiras, correntes e cerca de R$ 800.

A Polícia Militar intensifica as buscas e já tem alguns suspeitos.

Apenas na manhã desta sexta-feira (28), três ocorrências aconteceram quase que simultâneas, além dos dois assaltos, próximo às 9h, um homem sofreu diversas agressões após ser reconhecido por um grupo de assentados, que teriam caído em um golpe praticado pelo mesmo.

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Professor de escola estadual é encontrado amarrado e morto em Andradina

belo_valieri1-640×400

A Polícia Militar, depois de denúncias, localizou na manhã deste domingo (23), o corpo do professor da Escola Estadual Alice Marques da Silva Rocha, Belino Valieri, o “Belo Valieri”, de 46 anos, nu, amarrado e morto na casa dos fundos da rua Alexandre Salomão, bairro Passarelli, em Andradina. A principal linha de investigação da Polícia Civil deve ser latrocínio (matar para roubar).
A PM foi até o local depois de o vizinho do mesmo quintal sentir sua falta e, ao procura-lo em sua casa, encontrou-a toda revirada e, aterrorizado, constatou que o corpo do professor estava na sala, envolto em um lençol na cor roxa, com as mãos amarradas. Suspeita-se que ele tenha sido estrangulado antes de ser amarrado e ‘embrulhado’.
A Polícia Militar então foi acionada e preservou o local até o término dos trabalhos da perícia técnico/científica. O corpo foi retirado do local por uma empresa funerária da cidade para encaminhamento ao IML – Instituo Médico Legal, para determinar a causa da morte.
O delegado assistente da Delegacia Seccional de Andradina, Vinícius Scolanza esteve no local e confirmou que foi um caso de homicídio. Como a motocicleta Honda Titan 160, na cor vermelha, placa ESD – 2507 (Andradina/SP), está sendo cogitado como a primeira hipótese de latrocínio. O caso será repassado para a DIG – Delegacia de Investigações Gerais.
O sepultamento será realizado no Cemitério São José em Murutinga do Sul, cidade onde nasceu ”Belo Valieri”.

DETERMINAÇÃO
Professor e determinado, ele deu uma guinada em sua vida três anos atrás, quando encarou um rigoroso regime, conciliado com  exercícios físicos, perdendo aproximadamente 60 quilos. Com isso adquiriu o hábito de percorrer correndo grandes distâncias, as últimas cravadas em torno de 40 Km.
Em uma de suas últimas postagens em rede social o professor postou a seguinte mensagem:
Atividade de hoje…40 km …
Ainda que todas as portas se fecharem, Deus com certeza irá mostrar uma janela, a tal luz no fim do túnel.
De bem com a vida….

Mil Noticias

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

TJ decide pela 2ª vez que filho da presidente do TRE-MS troque presídio por clínica médica

ms2-filho-desembargadora-

O desembargador José Ale Ahmad Netto decidiu conceder liminar que permite Breno Fernando Solon Borges, filho da presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS), desembargadora Tânia Garcia Freitas, a deixar o presídio de segurança média de Três Lagoas para ir para uma clínica médica.
O G1 entrou em contato com a defesa do jovem, mas não obteve retorno até a publicação desta reportagem. A desembargadora Tânia Garcia de Freitas prefere não falar sobre o assunto.
Breno está preso desde o dia 8 de abril, quando foi flagrado com outros dois jovens com 129 quilos de maconha e 270 munições, além de uma arma sem autorização. Por esse fato, o jovem havia conseguido a internação médica.
Porém, não conseguiu deixar o presídio por causa de um mandado de prisão preventiva expedido a pedido da Polícia Federal em consequência da operação Céberus, deflagrada em 13 de junho.
As investigações apontaram que Breno estava entre os integrantes de uma organização criminosa especializada no contrabando de armas planejava novamente o resgate de um detento na Penitenciária de Segurança Máxima de Campo Grande.
Iniciadas em março, quando o líder da organização orquestrou uma tentativa de fuga da Penitenciária de Três Lagoas com o uso de uma pistola calibre .380, o nome de Breno apareceu em um dos celulares apreendidos. Naquela situação, após análises dos celulares apreendidos, com autorização judicial, constatou que Breno auxiliaria na fuga do preso em Três Lagoas, inclusive chegou a deslocar-se até a cidade para a ação criminosa.
Ao total foram indiciados sete suspeitos, acusados de integrar organização criminosa e tentativa de fuga de preso mediante violência. Tendo em vista o abalo a ordem pública e a garantia da aplicação da lei penal, foi decretada a prisão preventiva dele e dos demais integrantes do grupo.

G1

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Dois presos por ocultar em geladeira corpo de agente de saúde assassinado

saude

O auxiliar técnico Daniel Gomes da Silva, 21, morador no conjunto habitacional Gasparelli e Yan Ranielle Moraes Oliveira, 24, do bairro Nova Canaã em Andradina, foram presos neste domingo à noite por ocultação de cadáver.

Daniel confessou ter estrangulado o agente de saúde Marco Antônio Oliveira Pereira, 49 anos, e escondido o corpo dentro de uma geladeira desligada na despensa do imóvel onde a vítima morava, na Rua Amazonas, bairro Stella Maris.

O crime ocorreu na sexta-feira, 22, à tarde e foi presenciado por Yan e uma mulher identificada por Bruna, que já prestou depoimento e deve ter a prisão preventiva decretada a pedido do delegado Vinicius Scolanzi.

Apenas neste domingo Daniel decidiu contratar um caminhão frete para desovar o corpo no meio do mato, no km 3 da Vicinal José Rodrigues Celestino, sentido Porto de Areia.

O cadáver do agente estava com um saco plástico na cabeça amarrado com fio de telefone, amordaçado e parte queimado. O assassino usou um dos cinco sacos de carvão que comprou para atear fogo que atingiu parte do corpo.

Para transportar o corpo ele contou com ajuda de Yan, de um vizinho, o pedreiro desempregado W.F.S. e do motorista do caminhão, Maurício Estevão da Silva, 49, residente no Jardim Europa.

Para justificar o mau cheiro Daniel alegou que se tratava de uma capivara abatida que se estragara por haver esquecido a geladeira desligada. Enquanto Bruna lavava a casa para retirar o sangue que escorria do corpo da vítima, Daniel e Yan acompanharam o carreto de moto até a área rural.

O motorista e W.F.S. receberam R$ 50 cada pelo serviço, mas desconheciam que se tratava de um crime. Ambos foram liberados após o flagrante encerrado na madrugada desta segunda-feira, enquanto Daniel e Yan encaminhados à cadeia pública em Pereira Barreto.

VOZES E TRANSTORNO MENTAL

Daniel ligou para a mãe anunciando que iria se entregar, mas quando a Polícia Militar chegou ao campo de futebol da Gasparelli, perto de 19 deste domingo, o encontrou com uma faca ao pescoço ameaçando se matar. Foram cerca de 15 minutos para os PMs convencê-lo a se render. Yan foi preso na mesma ação.

Em conversa com a reportagem no plantão permanente da Polícia Civil, Daniel disse que cometeu o crime motivado por vozes do além, a mesma razão por ter ateado fogo ao corpo.

Segundo os pais separados, o jovem possui transtornos mentais, esteve internado em projeto da Saúde de Andradina por cerca de seis meses e vive à base de remédios.

SENSAÇÃO DE PERSEGUIÇÃO

O delegado Vinicius Scolanzi esclareceu que o agente foi morto entre a cozinha e a despensa da casa com golpe de braço do técnico. Ele e Daniel se conheceram havia uma semana e o segundo teria ido à sua casa tentar locar um imóvel de Marcos.

De acordo com apuração do delegado, Daniel declarou que a sensação era de perseguição e ameaça de morte pelo agente, por isso decidiu matá-lo. Todavia, o flagrante envolveu apenas ocultação de cadáver. Duas testemunhas vizinhas de Marco foram essenciais para desvendar o crime, porque acionaram a PM tão logo perceberam o sumiço da vítima, uma pessoa muito querida pelos colegas de trabalho.

moisés eustaquio

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...

Em Castilho, PM prende “Lincão” em flagrante com drogas e arma

drogas e armas

Aparecido Lincon, vulgo “Lincão”, velho conhecido da polícia, foi preso em flagrante em Castilho com drogas e arma durante um patrulhamento feito pelo sargento Stigarribia, cabos Bacurau e Diletti e o soldado Rezende, neste fim de semana.

O sujeito chamou a atenção porque agiu de forma estranha ao avistar a viatura pela Rua Heleno José de Souza, jogando no chão uma porção de maconha. Entre os dedos escondia uma porção de cocaína e no bolso R$ 227,00 em notas diversas e um celular Samsung.

Indagado, “Lincao” admitiu ter mais entorpecentes em casa e no local os policiais localizaram um revólver calibre 38 dentro de um tambor usado para transporte leite.

Na residência havia inda um blister contendo 10 munições mais uma 1 avulsa, “tijolo de maconha” de 1 kg, uma pedra bruta de cocaína, invólucro de cocaína peneirada, porção de crack, balança de precisão para pesagem de entorpecentes.

“Lincão” foi preso em flagrante por tráfico e posse de arma de foto e encaminhado à cadeia pública de Pereira Barreto, onde  permanece à disposição da Justiça.

moises eustaquio

Compartilhe no Whatsapp !
saiba mais...
1 2 3 11
Page 1 of 11