close

Outubro Rosa começa com música de qualidade em Castilho

_MG_3734

 

Prefeitura planeja ampliará o leque de opções no próximo ano, aderindo a programa do Ministério da Saúde

Quem leu o título da reportagem deve estar se perguntando o quê a música tem a ver com a saúde da população. “Tem tudo a ver! Os pacientes em tratamento, quando entram em contato com a música, sentem alívio da dor e diminuição da ansiedade. Além disso, o simples ato de ‘sorrir’ promove sensação de bem estar a todos que participam”, responde a Secretária Municipal de Saúde, Janini Nascimento.

Para colocar esta ideia em prática, a Prefeitura de Castilho promoveu dois shows de alto padrão totalmente gratuitos para os cidadãos. O primeiro deles aconteceu na noite de sexta-feira (05) com o músico Maringa Borgert. O segundo levou ao palco do CIEC (onde aconteceram ambos eventos) a renomada Orquestra Jovem de Ilha Solteira na noite de sábado (06). Como era de se esperar, a programação lotou o auditório do Centro Integrado de Educação e Cultura “José Miguel do Nascimento”, que possui capacidade para receber confortavelmente 400 pessoas sentadas.

Janini destaca que todas as ações de maior ou menor impacto junto à população, envolve a chamada “rede de atendimento”. Ou seja, independente do tipo de campanha ou programa de Saúde em foco, a Secretaria de Saúde sempre firmará parcerias com outros setores da Administração como Educação, Esportes, Cultura e Social, por exemplo. Além do setor público, as ações também possibilitam a participação da iniciativa privada no apoio aos eventos, que geralmente se traduzem em sorteios de brindes e outros atrativos utilizados para incentivar a participação do público-alvo da ação.

Esta parceria entre os diversos setores do Poder Público Municipal e da iniciativa privada é uma exigência que a prefeita Fátima Nascimento (DEM) implementou e cobra constantemente de seus secretários de governo. Na Saúde, o intuito desta proposta é fazer um trabalho em rede levando aos cidadãos as diversas formas de bem estar disponíveis, rompendo as limitações da intervenção medicamentosa tradicional.

“Desta vez, optamos por trazer shows artístico-culturais para abertura do Outubro Rosa, firmando parceria com o setor de Cultura do Município. Os shows foram uma forma de mostrar os benefícios que a música trás para a população. De modo geral, a arte pode ser usada de diversas formas dentro da Saúde, trazendo benefícios inesperados”, argumenta a Secretária de Saúde.

A diretora municipal de Cultura, Luciana Claudino, concorda com as parcerias e apoiou integralmente os eventos. “Acredito que foi um passo importante para as pessoas verem a Cultura não só como diversão, mas também como terapia”, avaliou.

AGREGANDO – A ideia que tem surtido excelentes resultados principalmente nas áreas de Saúde, Social e Educação, devem receber um incremento extra no próximo ano. Janini Nascimento antecipou com exclusividade à nossa reportagem que a Secretaria de Saúde está programando para 2019, a introdução das PICS no cotidiano das ações desenvolvidas pelas unidades de saúde do Município. As Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS) fazem parte de uma estratégia adotada pelo Ministério da Saúde, que introduz atividades coordenadas que vão de música à prática de yoga como forma de promover a Saúde Pública.

Compartilhe no Whatsapp !
Tags : Destaque