close

Outro morador de rua é assassinado em Andradina em menos de 24h

38420335_479515262460528_6177749425192960000_o

ANDRADINA – As Polícias Militar e Civil registraram na manhã desta segunda-feira (06), o assassinato do morador de rua Vlademir Welton da Silva, de 37 anos, natural de Dourados/MS, cujo corpo foi encontrado no prédio onde funcionava o antigo Bigolin Materiais de Construção (fotos), localizado no cruzamento das ruas Paes Leme com Bandeirantes, centro.

A perícia técnico/científica esteve pelo local, junto com o delegado Raoni Selva e equipe da DIG – Delegacia de Investigações Gerais, em busca de provas que ajudem a esclarecer o crime. É o segundo morador de rua assassinado em 24h no município de Andradina.

Segundo informações, transeuntes estranharam o fato de o homem estar deitado dentro do prédio, que está em reforma para instalação de uma futura cooperativa financeira e acionaram a Polícia Militar. A princípio, pensava-se que ele tivesse ido a óbito de morte natural.

Quando policiais militares foram verificar, constataram que ele apresentava perfurações de faca no pescoço, que quase o decapitaram, tórax, abdômen (cujas vísceras ficaram expostas) e pelo menos outras cinco nas costas. Foram apreendidas facas, colheres e pedaços de paus que podem ter as impressões digitais do assassino e serão submetidas à perícia.

SEGUNDO HOMICÍDIO em 24h

Esse é o segundo homicídio ocorrido no município em um intervalo de menos de 24h. O outro aconteceu na madrugada de domingo (05), provavelmente próximo de 05h, quando o morador de rua Djael José da Silva, de 45 anos, natural do estado de Pernambuco, foi assassinado com uma facada próximo da orelha esquerda, enquanto dormia na calçada do banheiro público da praça central Antônio Joaquim de Moura Andrade.

A Polícia Civil, bem como a perícia técnico/científica, foram acionados e um perito constatou que o homem apresentava uma perfuração profunda atrás da orelha esquerda. Uma grande quantidade de sangue cobria o rosto da vítima.

A Polícia Civil investiga os dois homicídios, já ouviu vários moradores de rua e está em busca de identificar e prender o(s) suspeito(s).

Qualquer informação pode ser denunciada através do telefone 190 ou das Delegacias de Polícia do município.

MIL NOTICIAS/Agência

Compartilhe no Whatsapp !
Tags : Destaque