close

Alerta: Muitas gestantes e crianças ainda precisam ser vacinadas contra a Gripe

59715ac2-b2b6-4d6f-82a6-7b20befe7129

 

Comparecimento inferior à meta estipulada pelo Governo, amplia período da Campanha e Secretaria de Saúde emite novo alerta à população sobre importância da vacinação a cada ano

Em Castilho, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe Influenza – iniciada no dia 23 de abril, ainda não conseguiu atingir a meta proposta pelo Governo, fixada em 90% de seu público-alvo no município.

Segundo dados divulgados nesta terça-feira (05) pela enfermeira Sandra Marques – Coordenadora do Programa de Imunização no Município, até o dia 30 de maio, foram vacinados no CIS apenas 76% de uma população prioritária que totaliza 4.495 pessoas somente em Castilho. De acordo com a prévia, as gestantes (44%) e as crianças menores de 05 anos (59,91%), foram os grupos que menos compareceram para receber a dose da vacina neste ano.

“Estamos precisando atingir as gestantes, crianças de 6 meses a 4 anos 11 meses e 29 dias e Idosos acima de 60 anos. Nestes grupos específicos, ainda falta atingir a meta”, alerta Sandra. A previsão feita por ela, é que – até o horário programado para relatar ao Ministério da Saúde os resultados da Campanha (na tarde desta quarta-feira), o percentual de pessoas vacinadas no município chegue a 80%.

A Campanha Nacional tem como alvo principal a imunização de idosos a partir de 60 anos, todos os trabalhadores da área de Saúde, povos indígenas, crianças que tiverem entre 06 meses e menores de 05 anos, gestantes e puérperas (que ganharam bebê até 45 dias atrás), além das pessoas com doenças crônicas (como o diabetes, doença renal crônica, respiratório grave e cardiopatas, por exemplo), todos os professores das redes pública e privada, pessoas privadas de liberdade e jovens com idades entre 12 e 21 anos que estejam sob medida sócio-educativa.

Preocupado com o comparecimento inferior ao esperado, a Secretaria Municipal de Saúde está alertando a população que ainda não se vacinou para que procure o Centro Integrado de Saúde (CIS) até o próximo dia 18, que é a nova data fixada pelo Governo para encerramento da Campanha.

“Apesar de toda a divulgação realizada pelos governos Federal, Estadual e Municipal, muitos não foram imunizados e pedimos que compareçam o mais rapidamente possível ao Centro Integrado de Saúde para tomar a dose da vacina, que é gratuita e não dói”, já alertava a secretária de Saúde, Janini Nascimento, em entrevista concedida à nossa reportagem no último dia 14 de maio.

SOBRE A VACINA – De acordo com o Ministério da Saúde, a vacina é trivalente, ou seja, protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam por todo o Hemisfério Sul do Planeta no ano passado, incluindo o H1N1 e o H3N2.

“Além destes dois vírus amplamente divulgados, temos também o B Phuket, que circulou no inverno dos Estados Unidos. A vacina distribuída pelo Ministério da Saúde é modificada anualmente para conferir proteção contra a gripe conforme os vírus circulantes. É por isso que destacamos a importância destes grupos serem vacinados TODOS os anos”, enfatiza a enfermeira Adriana M. L. Rossini, do CIS.

Compartilhe no Whatsapp !
Tags : Destaque