close

Faltam duas semanas para concurso do projeto Galerias

thumbnail_GOPR0325

 

CASTILHO – Está marcado para o dia 24 de novembro o concurso “Projeto Galerias” que premiará alunos das escolas municipais e estaduais de Castilho. Também estão envolvidos no projeto alunos dos programas sociais, como o Renascer, Ação Jovem e CRAS. Entre os prêmios disputados estão tablete e excursão. Os vencedores serão anunciados no CIEC após exposição dos trabalhos propostos a cada grupo.

O evento é uma parceria da prefeitura castilhense com a Caixa Econômica Federal devido o convênio assinado entre ambas as partes para realização das obras de galeria na rua Carlos Bevilácqua. De acordo com a assistente social Marlene de Fátima Sorato Rabeschini, uma das coordenadoras do projeto na cidade, à prefeitura coube a responsabilidade de promover as campanhas educativas por meio de ações socioambientais. Para a Caixa Econômica ficou a incumbência de prover os recursos da obra.

“É um projeto de conscientização urbana que a prefeitura precisa fazer por meio de uma ação social. Então estão sendo envolvidos a Secretaria de Educação, o Departamento de Cultura, Fundo Social e o Meio Ambiente”, explicou Rabeschini.

Lançado desde setembro, o projeto vem mobilizando vários estudantes em suas respetivas unidades escolares. Aos alunos da Rede Municipal o desafio são desenhos alusivos ao tema. O melhor desenho será contemplado com um tablet. Já os alunos das escolas Estadual (Armel Miranda e Dário Giometti) terão que desenvolver um vídeo em equipe com no máximo cinco alunos. A equipe vencedora ganhará uma excursão. Os alunos do CRAS deverão apresentar teatro e uma amostra fotográfica.

Além das assistentes sociais Marlene e Margarida Lopo, integram o desenvolvimento das atividades as funcionárias Luzinete Guedes, Ivonete de Souza e o engenheiro agrônomo Fabiano Augusto Teno.

De acordo com Teno, esse trabalho vem de encontro com as diretrizes do Programa Município Verde Azul no qual é constituído de 10 diretivas ambientais. “E o bacana de envolver os alunos no projeto é que eles têm maior facilidade de conscientização ambiental”, finalizou.

Compartilhe no Whatsapp !
Tags : Destaque