close

Tratamento a laser devolve autoestima a mulheres que sobreviveram ao câncer

thumbnail_Dr. Modesto Jornal

 

Desde 1990, outubro é o mês de conscientização do câncer de mama. De acordo com órgãos de estudos do câncer, 25% dos casos de câncer correspondem ao tipo, atingindo principalmente mulheres. O que poucos sabem é que os tratamentos podem afetar a libido feminina, mas é possível reverter o processo por meio de tratamento a laser.

Depois dos tratamentos de radio e quimioterapia, a mulher pode desenvolver sintomas na área íntima, como: frouxidão, incontinência urinária, diminuição na secreção natural, coceira e dor nas relações. “Isto pode acontecer durante o tratamento e se tornar permanente. O tratamento adequado para estes tipos de problemas é feito com laser específico para a região, que é delicada”, explicou o médico especialista na aplicação do laser Monalisa Touch, Dr. José Carlos Modesto.

Diagnóstico precoce

De acordo com a Sociedade Brasileira de Mastologia, é recomendado que a mulher faça uma consulta ao mastologista uma vez por ano, além de realizar a mamografia também anualmente, principalmente mulheres a partir dos 40 anos. A consulta ao ginecologista para realizar os demais exames preventivos é tão importante quanto. O diagnostico precoce ainda é a melhor forma de evitar os efeitos devastadores da doença com tratamentos agressivos de quimio e radio. Identificar o tumor em seu estágio inicial significa aumentar as chances de cura

thumbnail_22195385_644323869096321_8323179781879227313_n
Compartilhe no Whatsapp !
Tags : Destaque