close

Com investimento inicial de R$ 4mi, Iate Clube de Castilho vai reabrir suas portas

_MG_9655

 

 

Após mais de uma década desde o seu fechamento, uma das maiores estruturas de lazer e pesca que a região já conheceu está prestes a reabrir suas portas. Localizado no bairro Pontal, o Iate Clube de Castilho recebeu milhares de associados e visitantes nos seus mais de 15 anos de funcionamento.

A missão de restaurar o antigo glamour daquele espaço foi assumida recentemente pela J.Renner – Empreendimentos de Lazer; um grupo de empresários da cidade de São José de Rio Preto com bastante experiência neste ramo. É este mesmo grupo que revitalizou e deu novo fôlego ao Clube de Pesca Massaguaçú, localizado na região de Rio Preto.

Mas porquê reativar este antigo clube castilhense? “Para suprir a carência de lazer existente na região de Castilho”, explica o Diretor Comercial João Batista. É ele o principal articulador das ações regionais para recuperação do Iate. “Tive o privilégio de trabalhar aqui em Castilho quando o Iate foi fundado, em março de 1991. A vista privilegiada, a fartura de peixes, o complexo de lazer, meios de hospedagem [apartamentos e área de camping] são atrativos únicos em toda a região Noroeste do Estado, e isso tudo não poderia permanecer tomado pelo mato e o esquecimento”, explica João.

A reativação do antigo Iate Clube de Castilho é um projeto ousado e caro. De acordo com o Grupo J.Renner, a expectativa é que pelo menos R$ 4 milhões sejam investidos no local a médio prazo. E este investimento já começou.

 Foto- ArquivoFundado em março de 1991, antigo Iate atraia milhares de pessoas às margens do Paranazão anualmente

OBRAS EM ANDAMENTO – Quem passou pelo antigo Iate cerca de 45 dias atrás e retornou esta semana admira a velocidade com que a limpeza e recuperação gradual estão ocorrendo. O Clube já ganhou uma nova portaria, livrou-se de todo o matagal, teve sua área de camping restaurada e caminha para ganhar um moderno restaurante às margens do Paranazão, com uma vista panorâmica de tirar o fôlego.

A primeira etapa destes trabalhos deve ser concluída em dezembro deste ano, gerando investimento de aproximadamente R$ 1,5 milhão, que inclui, também a reativação e ampliação do parque aquático.

Os empresários também estão apostando na vocação natural daquela região, que é conhecidíssima por atrair pescadores de todo o país. Aproveitando a experiência que possuem com o Clube de Pesca Massaguaçú, eles já estão providenciando mudanças estruturais importantes na rampa que dá acesso ao rio, na plataforma de pesca, personalizando o

atendimento ao pescador e reativando a área de peixaria. Toda esta benfeitoria faz parte da primeira etapa do processo de recuperação.

PARCERIA – A Prefeitura de Castilho também tem um papel importante neste empreendimento. No dia 1º de Maio deste ano, João reuniu-se com a prefeita Fátima Nascimento (DEM) para falar sobre os investimentos do Grupo no município. Durante cerca de uma hora de conversa, o Diretor destacou a importância da Prefeitura manter as estradas que dão acesso ao Iate em boas condições de uso e saiu de lá com o compromisso assumido pela prefeita de que o pedido seria atendido.

_MG_9687

 Durante etapas de obras, grupo estima gerar entre 200 e 300 empregos diretos e indiretos

GERAÇÃO DE EMPREGOS – De acordo com as estimativas do Grupo J.Renner, a reativação do Iate Clube de Castilho deve gerar entre 200 e 300 empregos diretos e indiretamente somente na fase de construção/adequação e implantação de novas estruturas.

Quando em franca atividade, várias outras vagas em diversas funções deverão ser preenchidas, admitindo-se desde auxiliares de serviços gerais a cozinheiros e ajudantes de cozinha, atendentes, camareiras, porteiros, vendedores, encarregados, gerentes e vários outros.

COQUETEL – O lançamento oficial do projeto do novo Iate Clube de Castilho acontecerá na manhã de terça-feira (06) a partir das 10h. Este encontro reunirá representantes do Grupo J.Renner e convidados. A lista dos convidados não foi divulgada porque a diretoria da empresa decidiu realizar coquetéis personalizados, reunindo sempre um público conforme o tipo de exposição dos trabalhos.

QUEM JÁ POSSUÍA título do Iate anteriormente também está recebendo uma boa notícia: eles podem ser facilmente reativados. Para isso, o titular deve dirigir-se à Central de Atendimento ao Sócio, localizada na rua J.A. de Carvalho, nº 1057, no Centro de Andradina.

Outra opção é estabelecer contato prévio por telefone para esclarecer algumas dúvidas antes de se locomover até lá. Para isso basta ligar para os telefones: (18) 3723-6210; 99773-4642; 98136-3685 ou 99150-2201.

Apenas para antecipar, na hora de solicitar a reativação do antigo título, o sócio deve apresentar algum documento que prove sua titularidade.

Marco Apolinário – Grupo Portal

Compartilhe no Whatsapp !
Tags : Destaque