close

Gincana da Águas de Castilho leva crianças ao cinema e destina recursos ao asilo

thumbnail_cinema-4

O projeto Gordura não Cabe no Esgoto foi realizado mais um ano em Castilho. Um projeto que promove a sustentabilidade com uma gincana de arrecadação de óleo usado agitou as escolas EMEF Dr Youssef Naif Kassab, EMEF Prof Mauro Roberto Manuel, EMEIF Maria Dauria Silva Oliveira, EMEIF Djanira Bozo Jorge e EMEIF Maria Aparecida Buzachero Bandeiras.

O projeto promovido pela Águas de Castilho, em parceria com o Departamento de Educação, levou informação para as escolas e 100 alunos ao cinema. Com direito a pipoca e refrigerante, os 100 alunos das classes vencedoras da gincana foram levados ao cinema para assistir ao filme “Trolls” em 3D. “Muito legal, fiz meus pais me ajudarem a recolher óleo de diversos lugares, pois queria muito ganhar a gincana e vir ao cinema”, disse a estudante Lara Silva da escola Youssef Kassab.

As crianças foram acompanhadas de professores e da coordenadora Luzinete G. da Rocha Teixeira (responsável pelos projetos de Meio Ambiente e sustentabilidade) que fez questão de ver a alegria delas. “Um projeto que vem mudando os hábitos através de nossas crianças”, disse a coordenadora.

Além de as crianças aprenderem os prejuízos para o meio ambiente com o descarte incorreto do óleo de cozinha, elas competem entre salas para quem arrecada mais óleo. Com esta gincana foram arrecadados cerca de 800 litros de óleo usado e encaminhados a destinação correta.

O diretor geral da CAB Ambiental, Eduardo Caldeira, salientou que a conscientização ambiental é o objetivo principal deste programa. “Sabemos do quanto esses pequenos cidadãos se envolvem com a proposta da gincana e levam esses ensinamentos para dentro de suas casas. Temos que usar dessa conscientização para gerar a mudança de hábitos”, comentou caldeira lembrando que um litro de óleo pode poluir até um milhão de litros de água dos rios.

Durante alguns meses, os estudantes competiram entre classes para ver qual arrecadava mais óleo usado. Além da conscientização sobre a destinação correta do óleo usado, o programa “Gordura não cabe no esgoto” recolheu o óleo arrecadado pelos estudantes e será revertido ao Asilo Betel assim que vendido. “Tiramos óleo do meio ambiente, damos uma destinação correta, conscientizamos nossas crianças e ainda ajudamos uma instituição que tanto necessita no município”, explicou Ana Beatriz Colêncio, responsável pelo Programa.

Divulgação

Compartilhe no Whatsapp !
Tags : Destaque